Change your Language

Make a Journal Entry

Acabadora

by Michela Murgia | category Romance
Registered by marialeitora of Vila Real, Vila Real Portugal on 6/30/2015
5 journalers

You're currently not logged in to BookCrossing.com. If you continue now your Journal Entry will be shown under the name of "Anonymous Finder". If you want to later track your book (and optionally receive an email when someone else makes a Journal Entry for this book) you need to log in first. If you don't have a BookCrossing account yet, you can sign up right away. It's a matter of seconds and you can write your Journal Entry immediately afterwards.

What do you want to do?


     

1: Where did you Catch the book?

2: Entry Information

   
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10     haven't read
« worse   average   better »
Please tell us about your experience with the book! Just as much or as little as you like ...

5 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by marialeitora from Vila Real, Vila Real Portugal on Tuesday, June 30, 2015
Numa pequena vila sarda, a velha costureira, Ti Bonaria, acolhe Maria, «cedida» a ela por uma família humilde com muitos filhos. Oferece à sua «filha da alma» uma profissão e estudos, uma escolha audaciosa para uma mulher na Sardenha dos anos cinquenta. Maria cresce rodeada de ternura; mas há certos aspetos da vida da Ti Bonaria que a incomodam, em particular as suas ausências noturnas. Ela não sabe que a velha é a acabadora, a «última mãe», a mulher que ajuda os que sofrem a morrer. No dia em que descobre, a sua vida muda por completo e serão necessários muitos anos para que consiga perdoar à sua mãe adotiva. Com uma linguagem poética e essencial, Michela Murgia cria duas personagens inesquecíveis numa Sardenha intemporal, de costumes fascinantes.

Journal Entry 2 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Tuesday, June 30, 2015
Fiz um ring:

1-Cokas
2-Ladylove
3-Joaquimponte

Journal Entry 3 by Cokas at Almada, Setúbal Portugal on Monday, July 06, 2015

Afinal, chegou hoje!
Estava na loja F, à minha espera ;)
Obrigada, marialeitora!

Journal Entry 4 by Cokas at Grândola, Setúbal Portugal on Monday, August 03, 2015

Vencedor do Prémio Campiello, Acabadora tem, na sua edição portuguesa uma frase apelativa de L’Expresso - «Há mais amor que morte nestas páginas». Eu acrescentaria que há mais poesia que prosa neste livro.

Ao longo das cerca de 180 páginas deste romance, acompanhamos o crescimento de Maria, “filha de alma” de Ti Bonária, e o desenvolvimento da relação de respeito e de cumplicidade entre ambas, muito pautada pela sabedoria da velha costureira mas também pela inteligência e sensibilidade da garota.

Quando Maria descobre o que as reiteradas ausências noturnas da sua “mãe de alma” escondem, não consegue aceitar nem o ato em si nem o facto de tal lhe ter sido sempre ocultado. Por isso, decide afastar-se da Sardenha.

Mas há coisas que só a idade e as circunstâncias da vida permitem compreender. E Michela Murgia ata as pontas soltas deste livro de uma forma que tem tanto de comovente como de perturbante; ainda que um pouco previsível.

As personagens Maria e Bonária (nome muito curioso para quem é acabadora!) estão bem construídas; mas também a de Nicola que, contra a sua vontade, fica preso a uma vida que repudia.

*****

«Tinha já visto o suficiente para saber que a palavra “herói” era o singular masculino da palavra “viúva”».

«As almas conhecem-nos, são nossos parentes, não nos vão fazer mal.»

«Deslizando pelo corredor adentro demasiado depressa para deixar uma recordação de si na rua.»

«A dor é nudez e o preto serve para cobri-la, não para mostrá-la.»

«Coisas aparentemente demasiado lineares não eram mais do que uma admissão de fraqueza: ninguém se teria incomodado a desenhar estradas assim tão direitas se não tivesse tido muito medo.»

*****

Como a Ladylouve não o pode receber para já, vou enviar PM para Joaquimponte.

Obrigada, Marialeitora, por mais esta oportunidade de leitura!!! :)




Journal Entry 5 by joaquimponte at Lisboa - Lumiar , Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, August 15, 2015
O tema deste livro suscitou-me curiosidade e as referencias ao estilo poético desta escritora italiana, reforçam-na. Obrigado.

Journal Entry 6 by joaquimponte at Lisboa - Lumiar , Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, August 20, 2015
Gostei muito desta obra. Não apenas do ponto de vista literario mas sobretudo pela forma sensivel, simples e de grande humanidade com que aborda um tema tabu da nossa sociedade, um que nos afecta a todos, mas que infelizmente a moral e a lei inibem de ser abordado de forma frontal: o do final de nossa vida. Claro que nao se trata de uma reflexão filosófica , mas de uma ficção que se limita a relatar um cenario real.

O enredo é dinamico, o estilo é algo poetico com algumas paginas cuja mensagem vale a pena reflectir e a descrição do mundo rural da Sardenha , além de belo e informativo, prova que a sabedoria e a inteligencia não estão ligados as universidades.
Os tres personagens principais ( Ti Bonaria, Maria Listru e Andría ) cativam-nos e arrastam-nos com eles ao longo da historia , são aqueles que realmente sentem e compreendem o sentido amoroso do gesto de "acabadora", o que é evidente no belissimo final.

Para alguns leitores este nome" acabadora" é algo ficiconal e quando muito relata-se apenas a uma personagem isolada que a escritora conheceu. Nada mais errado. É o nome latino de uma antiga profissão, existente em todo o mundo . Com a introdução das grandes religioes monoteistas estas pessoas foram perseguidas e quase desapareceram. Digo quase, porque podem crer, que num pais onde trabalhei ( fora da europa ocidental)... conheci uma senhora com este nome. Um livro importante! Um tema actual em activo debate em alguns paises ocidentais.

" .. a parturiente mantinha-se num estado de sofrimento sem fim á vista. Quando pediu misericordia as outras agiram em seu nome com naturalidade partilhada, em que o acto ilícito teria sido pelo contrário não fazer nada

Uma das melhores leituras deste ano, foi este livro. Muito obrigado marialeitora.
E segue para ladylouve, assim que ela me diga que posso enviar o livro.

Journal Entry 7 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Tuesday, September 01, 2015
O livro já chegou há algum tempo, mas só agora tive tempo de escrever a JE. Felizmente sou a última da lista, porque vou demorar um pouco a chegar a ele, embora seja uma prioridade ;) É que tenho em mãos um dos livros mais difíceis do planeta e a batalha para o vencer está a demorar um pouco.

Obrigada pelo ring e pelo envio! =D

Journal Entry 8 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, September 09, 2015
Terminei num instante, foi uma leitura muito simples e agradável.

Apesar de ter gostado muito das descrições sensoriais ao longo do livro, achei que a autora poderia ter aproveitado para colocar o assunto em causa (a morte assistida) num debate um pouco mais profundo. Sendo um assunto que me interessa senti que faltava um pouco mais.

Comentário inteiro: http://naomeapeteceestudar.blogspot.pt/2015/09/acabadora.html

E agora regressa a casa, muito obrigada pela oportunidade de ler este livro! :)


Journal Entry 9 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Thursday, September 24, 2015
Já chegou ontem, mas a Internet anda meia tola e não me deixou fazer o registo.
Obrigado pela partilha.
A ver se me porto bem e não demoro muito.

Journal Entry 10 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Tuesday, November 03, 2015
Finalmente, um bom livro.
Senti completamente os personagens e os espaços, como se estivesse a viver junto deles e lhes conhecesse as manias e os costumes. Dava para sentir os cheiros e o calor na pele, os olhares e a respiração de cada um. Acho que é isso que faz um bom livro, independentemente da história que nos conta.
Mas esta é também uma história poderosa sobre os nossos limites e convenções. A eutanásia é um tema controverso que já me obrigou a mudar de opinião por diversas vezes. Hoje tenho outras experiências de dor e de sofrimento, meu e alheio, e sei que não posso dizer "desta água não beberei". Quando a vida é doce, achamos que podemos reclamar ou julgar. Mas nada na vida é linear, e este livro demonstra-o bem.

A expressão "mãe/filha de alma" é uma coisa maravilhosa.

Muito boa experiência de leitura.
Venham mais livros assim.

Journal Entry 11 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Friday, January 08, 2016
Regressou! :)

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.