O Ano em que Zumbi tomou o Rio (BookRing)

by José Eduardo Agualusa | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by letra on 7/19/2003
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
5 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by letra on Saturday, July 19, 2003
os morros do Rio de Janeiro estão a arder. Aproxima-se o dia em que a guerra descerá sobre os bairros ricos da cidade. Um antigo coronel do Ministério da Segurança do Estado de Angola, que rocou o seu país pelo Brasil, fugindo às armadilhas de um amor feroz e ao tormento da memória, prepara esse dia. Um jornalista mergulha no incêndio dos morros cariocas em busca de respostas a perguntas que poucos se atrevem a colocar. Tudo isto acontece agora.
Zumbi, o mítico herói do Quilombo de Palmares, voltou para tomar o Rio.


Inscritos no Bookring:

1. Reliquia, Porto
2. Leitora, Porto
3. Joaninha, Porto
4. Winkiemoon, Porto
5. Zyana, Porto
6. LuisdeMedeiros, Évora
7. Orgenetnom, Faro
8. TCP, Oeiras
9. Clepsidra, Oeiras
10. Fiora, Estoril
11. Kalahari, Lisboa
12. Lieber, Lisboa
13. Sossap, Lisboa
14. Xuaxo-portugal, Amora
15. Celtinca, Minde
16. de volta a casa: Letra, Lisboa

Journal Entry 2 by letra at on Sunday, July 20, 2003
Libertado! Monday, July 21, 2003 at enviado pelo correio a outro bookcrosser in Lisboa, lisboa Portugal.
Boa leitura para todos :)

Journal Entry 3 by Reliquia from Porto - City, Porto Portugal on Wednesday, July 23, 2003
Já chegou ao primeiro destino do Bookring, estou super contente de o ter recebido. Nada melhor para começar o dia do que encontrar um livro no correio em vez de contas ou publicidade:-) Prometo começar a ler de imadiato, para o mandar para o próximo destino o mais rapidamente possível.

Um abraço,
Relíquia.

____________________________________________________________________________

Antes de mais nada, desculpem pela distracção imperdoável de não ter vindo actualizar a minha opinião acerca do livro, estava convencido que já o havia feito.
Não foi de certeza por não ter gostado do livro que me esqueci, bem pelo contrário, este livro acabou por confirmar as excelentes expectativas que eu tinha em relação ao José Eduardo Agualusa. O livro é espetacular! Divertiu-me imenso, entusiasmou-me, fez-me sorrir e deprimir um pouco em certas alturas, que mais se pode pedir a um livro. :-) Gostei imenso de ler este livro, até porque está muitíssimo bem escrito, com uma fluência de discurso e riqueza de vocabulário que são difíceis de encontrar nos autores actuais.
Outra das coisas que me encantou foi a riqueza das personagens e dos contextos físicos, que de tão bem construídos e contados me fez vivê-los com uma maravilhosa sensação de presença, de estar no epicentro da acção, como se fosse um voyeur omnipresente, muito bom. Estas contruções são tão bem conseguidas que por vezes quase que podemos ver as pessoas, cheira-las e ouvi-las à medida que o livro decorre. Estas são algumas das coisas que eu gostei neste livro, mais havia para contar, mas isto já vai longo, fica para tema de futuras conversas.

Boas Leituras,

Reliquia.

Journal Entry 4 by leitora from Porto - Paranhos, Porto Portugal on Saturday, September 13, 2003
Recebi-o das mãos do Relíquia, durante o encontro com Jorge Marmelo, que decorreu hoje, e foi muito agradável! Adiante!!

Este livro vem muito bem recomendado, e será para mim uma apresentação do autor. O Relíquia adorou - apesar de (ainda) não ter dado a sua opinião aqui.

Em breve direi se concordo...

Journal Entry 5 by leitora from Porto - Paranhos, Porto Portugal on Tuesday, September 16, 2003
...

Não sei o que se passa entre mim e este livro, mas não estou a conseguir prender-me a esta leitura. Não sei se é o tema ou a escrita que me dispersam. Decididamente, não sou a leitora para este livro neste momento! Talvez a Joaninha...


Nota: agradou-me aquelas notas introdutórias com sensações; mais do que um título ou mote, chega a perfumar o livro!
Por exemplo:

«(um cheiro a terra molhada)»
«(um avião na temprestade)»
«(um fantasma melancólico)»

Journal Entry 6 by joaninha from Porto - City, Porto Portugal on Sunday, October 12, 2003
Desculpem a falta de acentos e cedilhas...

Embora goste muito das cronicas do Jose Eduardo Agualusa, este livro nao me agardou por ai fora. Achei-o algo "panfletario" demais para o meu gosto, da a sensacao que o autor parece ter alguns problemas com a sua condicao de portugues branco...
Os personagens e as situacoes tambem nao me parecem verosimeis...Borges disse que um bom escritor consegue convencer os seu leitores a suspenderem momentaneamente a sua descrenca, infelizmente, Agualusa nao me conseguiu convencer a suspender a minha.
Contudo, gostei muito da forma como o autor "trabalha" os diferentes tipos e variacoes dialectais do portugues, consegue dotar o texto de um ritmo e de uma fluencia fantasticos.

Segue para a Winkie ainda esta semana

Journal Entry 7 by Winkiemoon from Porto - City, Porto Portugal on Thursday, January 08, 2004
Gostei muito.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.