Cadernos de Lanzarote - Diário V

Registered by Cenci on 7/3/2009
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
This book is in the wild! This Book is Currently in the Wild!
3 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by Cenci on Friday, July 03, 2009
Esta obra é um relato praticamente diário do autor, de Janeiro a Dezembro de 2007, pretendendo dar continuidade aos restantes "Cadernos de Lanzarote".

Aqui podemos descobrir um Saramago de escrita mais uniformizada que se lê de um trago, como se o autor pretendesse unicamente de si para consigo e, ao sabor e velocidade da sua própria reflexão registar ideias, mais ou menos avulsas.

Journal Entry 2 by Pierrot-Moon from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, July 17, 2009
Obrigada pelo livro. Já o coloquei na lista para as minhas leituras deste Verão.

Journal Entry 3 by Pierrot-Moon at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, April 20, 2011
"'E quase certa a probabilidade de que o pouco e o muito, o tudo e o nada apareçam igualados no último futuro, porém, cuidado, o facto de duas paralelas se encontrarem no infinito não anula a distância que as separa neste aqui em que estamos e neste agora que somos..."

Gostei deste livro de Saramago que me mostrou uma escrita diferente daquela que estava habituada neste escritor.

(Li este livro já no Verão de 2009 mas só agora reparei que não tinha feito JE.)

Journal Entry 4 by Pierrot-Moon at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Tuesday, July 17, 2012

Released 7 yrs ago (7/17/2012 UTC) at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

Agora segue viagem para a "BookBooxRing Virtual e Secreta - Autores Lusófonos" do Jota-P





Journal Entry 5 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, July 18, 2012
E veio ter comigo. Este não é o tipo de livro que costumo ler, mas já li os Cadernos de Lanzarote: Diário I e a verdade é que até gostei bastante.
Obrigado Pierrot-Moon por teres feito este livro chegar a mim.

Journal Entry 6 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, December 27, 2012
Acabei de ler este livro ontem e gostei bastante. Talvez porque ler Saramago raramente desilude! A sua escrita, ainda que não seja fluida ao leitor mais desavisado, é simplesmente brilhante.

Acompanhamos aqui a vida de Saramago durante todo o ano de 1997 (o ano anterior ao do Nobel). Voltamos a encontrar nestas páginas grandes nomes da cultura mundial. Mas o mais delicioso destas páginas são a humildade, mas forte sentido crítico por parte de Saramago.

E o melhor? A carta que uma brasileira enviou a Saramago a desancá-lo por ter escrito O Evangelho Segundo Jesus Cristo. Começa na página na 100 e vai até à página 107 e nela a Maria brasileira diz de Saramago que não passa «de um herege, ateu e ímpio». Mas não só... « Só escreveste heresias, deboches e burrices, pois como se diz e todo o mundo fala "todo português é burro"», «língua ferina», «cabeça de camarão», «pilantra descarado»...

«Vamos pelo princípio de teu livro Evangelho 2.º Jesus Cristo, isto é simplesmente 2.º o teu cérebro que não deve funcionar muito bem (...) e tu não passas de um mero analfabeto que devias estar vendendo verduras, bebidas nos botequins de Lisboa».
«Deves levar uma vida sem dignidade, sem respeitar teus semelhantes. Deves ser um desses portugueses, que vivem de camiseta, suado, bigodudo nojento de se ver. És repugnante».
«Tens sorte de Deus não ser igual a mim, pois eu sendo Ele, tu a estas horas estarias todo entrevado e carcomido, para pagares a audácia que tiveste ao escrever este livro imundo».
«Achando pouco, ainda maculas a vida de Cristo, escrevendo no teu livro imundo, que ele vivia com Maria Madalena. Estavas lá presente? Viste Ele na cama dela?»
«Deve ser o Satanás que te possui e coloca para escreveres inverdades, para que, assim tu arranjes mais adeptos para o teu pai Satanás».
«É pena não existir nos dias de hoje a inquisição, pois nesta altura já não existirias, pois já terias sido queimado em praça pública e eu assistiria de camarote, terias o mesmo destino do teu livro».

Journal Entry 7 by Jota-P at Metro in Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, March 27, 2013

Released 6 yrs ago (3/27/2013 UTC) at Metro in Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal

WILD RELEASE NOTES:

A QUEM ENCONTRAR ESTE LIVRO:

Este livro foi libertado com o objectivo de viajar de mão em mão, em busca de novos leitores. Faz uma breve nota a explicar como ele chegou até ti e outra quando terminares de o ler (para ficarmos a saber a tua opinião). De seguida, volta a libertá-lo para que outros possam lê-lo.
Se entretanto decidires registar-te e fazer parte desta comunidade, podes sempre contar com a minha ajuda no que for preciso.

Lê e Liberta! Faz do Mundo uma Biblioteca!

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.