O Conservador

by Nadine Gordimer | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by wingcontowing of Lisboa (city), Lisboa (distrito) Portugal on 1/23/2009
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
5 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by wingcontowing from Lisboa (city), Lisboa (distrito) Portugal on Friday, January 23, 2009
Segundo a Editora:
"O fascinante retrato, feito por Nadine Gordimer, de um homem simultaneamente audacioso e calculista, um “conservador” sem outro objectivo que o da sua auto-preservação, é também um subtil e detalhado estudo das forças e das relações que se agitam na África do Sul dos nossos dias."

O Conservador, escrito em 1974 em pleno apartheid na África do Sul e vencedor do Booker Prize, conta a história de um homem de meia idade, Merhing, branco, rico, satisfeito consigo próprio e dedicado aos seus negócios que decide comprar uma fazenda no Transvaal, a aproximadamente 40 quilómetros de Pretoria, onde vive, mais para poder dizer que comprou uma fazenda para onde se retira aos fins de semana para estar em contacto com o campo e supervisionar e controlar o trabalho do negro Jacobus, o seu capataz, do que por amor à natureza, pelo desejo de se tornar fazendeiro ou para iniciar um negócio tão diferente daquele a que se dedica na cidade e que o leva a uma vida de relações internacionais, de reuniões, de aviões e almoços de trabalho.
O livro vai-nos mostrando aos poucos como este homem vive à margem da realidade e toda a obra se move entre o compromisso político e a análise do interior das personagens. É à primeira vista um livro simples mas aos poucos a narrativa submerge-nos em tantos novelos diferentes que às vezes se tem a impressão de que são vários os narradores; não sendo o protagonista a narrar a história, é o seu olhar, através do prisma da indiferença e da contenção, que nos revela um pouco dessa mesma realidade, quando capta vislumbres do facto de que o domínio dos brancos irá um dia acabar ou quando revela as suas opiniões sobre a “naïveté” dos radicais sul-africanos e o sentimentalismo que colocam no como será a sociedade pós-apartheid (e sobrestimando o seu papel nela).
Gostei mais de outros livros desta autora, mas continua a ser uma paragem obrigatória, de vez em quando.

Journal Entry 2 by wingcontowing at I CONVENO NACIONAL BOOKCROSSING in Maceda, Aveiro Portugal on Wednesday, May 06, 2009

Released 9 yrs ago (5/9/2009 UTC) at I CONVENO NACIONAL BOOKCROSSING in Maceda, Aveiro Portugal

WILD RELEASE NOTES:

WILD RELEASE NOTES:

Libertado na "Piscina de Livros" da I Convenção Nacional do BC.
;-)

Journal Entry 3 by PiscinaLivros on Thursday, May 07, 2009
Vai direitinho para a Piscina.
Obrigado conto

Released 9 yrs ago (5/9/2009 UTC) at Piscina de Livros da I Convencao Nacional in Maceda, Aveiro Portugal

WILD RELEASE NOTES:

WILD RELEASE NOTES:

Mergulho na Piscina!

Journal Entry 5 by wiccaa from Aveiro, Aveiro Portugal on Monday, May 11, 2009
Não consegui resistir :)

Journal Entry 6 by wiccaa from Aveiro, Aveiro Portugal on Monday, August 03, 2009
BookRay 7
Deixem-no seguir viagem :)

Journal Entry 7 by jambocaribe2 from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, August 07, 2009
Já chegou. Obrigado wiccaa e vibarão.

Journal Entry 8 by jambocaribe2 from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, September 23, 2009
Não consegui acabar de o ler. Não porque o livro não seja bom, mas porque neste momento este tipo de narrativa não me prende. Para além disso tive mais olhos que barriga e estou cheia de rings para ler...(dificuldade de principiante!!!)Vai seguir viagem para o Vibarão amanhã com um pedido de desculpas pelo atraso!

Journal Entry 9 by jambocaribe2 from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, September 30, 2009
Seguiu hoje para o Vibarão.

Journal Entry 10 by vibarao from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, October 16, 2009
Chegou. Já estava há uns dias na minha caixa de correio, mas tenho estado fora.
Obrigado pela partilha.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.