As Ilhas Desconhecidas

by Raul Brandão | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by wingiruswing of Bragança, Bragança Portugal on 8/5/2008
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
3 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by wingiruswing from Bragança, Bragança Portugal on Tuesday, August 05, 2008
Relato de viagem pelos Açores em 1924


"Este livro é feito com notas de viagem, quase sem retoques. Apenas ampliei um ou outro quadro, procurando sempre não tirar a frescura às primeiras impressões. Tinha ouvido a um oficial de marinha que a paisagem do arquipélago valia a do Japão.
E talvez valha... Não poder eu pintar com palavras alguns dos sítios mais pitorescos das ilhas, despertando nos leitores o desejo de os verem com os seus próprios olhos!..."


18 Agosto - seguiu para empréstimo a marialeitora

Journal Entry 2 by marialeitora from Vila Real, Vila Real Portugal on Wednesday, August 20, 2008
Chegou!Obrigada Irus.É imperdoável mas deste autor só li (há muito tempo) "Os pescadores".


Journal Entry 3 by wingiruswing from Bragança, Bragança Portugal on Monday, September 08, 2008
E aqui está ele, de regresso a casa

Journal Entry 4 by wingiruswing at Bragança, Bragança Portugal on Wednesday, July 23, 2014
Sai da estante para ir desempoeirar por outras bandas. Quem sabe se não vai mesmo respirar os ares marítimos do meio do Atlântico?

Journal Entry 5 by wingcontowing at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, August 01, 2014
Chegou.
Adorei: um livro português levezinho! É mesmo um livro de viagem. :)
É, acho que o vou levar comigo, porque mesmo que o consiga ler antes (gostava) queria também escolher algumas partes e ler passagens à minha sobrinha.
Prometo tentar aprisionar os ares marítimos nas páginas e devolvê-lo com um pouquinho de cheiro a atlântico.
Obrigada irus!

Journal Entry 6 by wingcontowing at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, August 29, 2014
É para mim difícil distinguir o quanto gostei deste livro por si só ou por estar a recolher "imagens" e referências para os passeios de férias que iria realizar dias depois. Talvez ambas as coisas. Certo é que gostei muito de o ler e certo também é que as referências a esta obra são razoavelmente constantes pelas ilhas.
Como quando a nossa anfitriã em São Jorge nos disse "sobem e, se estiver bom tempo, olham para trás e conseguem ver o dorso do dragão adormecido". A minha sobrinha deu um salto e exclamou incrédula "um dragão?!!". ;)
Mas devo dizer que fiquei muito contente por já não se pescar baleia há muitos anos e qualquer vestígios dos cheiros descritos terem desaparecido na sua totalidade... Quase o consegui sentir ao ler certas páginas, ou pelo menos sentir a repulsa provocada por tais cheiros, xiça!
Obrigada Irus, segue já na próxima semana e espero que o cheiro do "dragão adormecido" não se sobreponha ao do Atlântico, tão incrivelmente povoado de belíssimas criaturas. :))

Journal Entry 7 by wingiruswing at Bragança, Bragança Portugal on Thursday, September 04, 2014
E não é que o livro regressou a casa, acompanhado mesmo por ares do Atlântico? Que bela surpresa - e que presente tão original! :)

Fico mesmo contente que este exemplar tenha viajado até ao arquipélago das maravilhas. Voltará à estante com outra serenidade.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.