Zorro

by Isabel Allende | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by Melrita of Figueira da Foz, Coimbra Portugal on 4/18/2008
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
2 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Tuesday, June 24, 2008
Antes de mais, MUITO OBRIGADO por este RABCK! Chegou ontem, acompanhado de mais 2 livros! A pilha TBR aumenta a olhos vistos...

Já li alguns livros de Isabel Allende (Contos de Eva Luna e A Cidade dos Deuses Selvagens) e devo admitir que ficaram um pouco aquém daquilo que estava à espera. No entanto, como este livro trata de uma das personagens que faz parte da minha infância, creio que vou gostar bastante de a revisitar.

Escusado será também dizer que, após ter terminado a sua leitura, vou relançar este livro na sua viagem pelo mundo.

Muito obrigado Melrita. Até breve!

Journal Entry 2 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, October 13, 2008
Devo começar por dizer que este foi o terceiro livro de Isabel Allende que li (tentei ler igualmente Paula, mas das duas vezes que o iniciei não consegui levar até ao fim a leitura) e penso que foi aquele de que mais gostei até hoje. No entanto, devo dizer que não me encantou totalmente. É verdade que o livro não é extremamente mau, mas também não é excepcionalmente bom. É-nos aqui oferecida uma história que não nos deixa deslumbrados e que não deixa de ser um pouco romance de cordel... As personagens são completamente estereotipadas, não faltando os bons malandros, as donzelas virgens e castas à espera de serem salvas por um qualquer príncipe encantado, os maus mesmo muito maus (que, por serem maus, só sabem fazer maldades, além de cheirarem mal) e os bons absolutamente virtuosos (que sentem escrúpulos no derramamento de sangue, mesmo enquanto lutam pela justiça).

Não faltam ainda muitas aventuras, tanto por terra, como por mar, em contacto com índios, ciganos, piratas, e todas as outras personagens que estamos habituados a ver num livro que se desenvolva na primeira metade do século XIX no Novo Mundo. Que canseira! Mas de alguma maneira Diego tinha de aprender todas as habilidades possíveis e imaginárias (desde o simples truque de ilusionismo de algibeita, até às complicadas acrobacias circenses) se desejava ser um Zorro que se prezasse...

Considerei a parte da infância de Diego bastante empolgante, mas o resto do livro (principalmente a partir do momento em que vai para Espanha) torna-se algo chato, não nos sendo nada mais que uma mera sucessão de acontecimentos, alguns interessantes, outros nem tanto, não passando mais do que um bocejo prolongado. O que é um problema para mim, já que não consigo ler na diagonal e saltar as partes mais desinteressantes de seja qual for o livro.

Enfim, permanece em mim a sensação de que Isabel Allende é um pouco sobrevalorizada enquanto escritora, mas o apelido terá sempre o seu peso. Em todo o caso, gostei deste livro por a autora se ter cingido mais ao real e não se aventurar pelo fantástico (como aconteceu n' A Cidade dos Deuses Selvagens, livro que detestei).

Este livro ficará a aguardar o momento oportuno para continuar a sua viagem pelo mundo, em busca de quem o aprecie.

Journal Entry 3 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, January 28, 2009
Este livro que, para além de muitas outras coisas, também fala de AMOR, seguiu hoje mesmo no âmbito da Troca de S.Valentim! Espero que quem o receba goste dele.

Journal Entry 4 by Baiia from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, February 14, 2009
E não é que adorei Jota-P?! Muito obrigada! Há imenso tempo que queria ler este livro! Obrigada mesmo e obrigada à Butterfly-Noir pela iniciativa.

Journal Entry 5 by Baiia at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, February 08, 2014
É uma vergonha ter esperado quase quase 5 anos para pegar neste livro, mas ainda bem que não me escapou. Apesar de ser menos mágico que os restantes da autora gostei bastante da história, principalmente da primeira parte. Algumas partes pareceram-me um tanto ou quanto patéticas, mas mesmo assim não deixou de me fascinar. Obrigada Jota-P com 5 anos de atraso. Está disponível para voltar a viajar.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.