Nascido num dia azul

by Daniel Tammet | Biographies & Memoirs |
ISBN: 8598078271 Global Overview for this book
Registered by marialeitora of Vila Real, Vila Real Portugal on 12/10/2007
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
5 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by marialeitora from Vila Real, Vila Real Portugal on Monday, December 10, 2007
Por dentro da extraordinária mente de um autista savant.
Uma viagem – guiada pelo próprio – ao interior de uma das mais fascinantes mentes dos dias de hoje. Daniel Tammet tem a Síndroma de Savant, uma forma extremamente rara da síndroma de Asperger (autismo de alto funcionamento), que lhe concede poderes mentais quase inimagináveis, muito semelhantes aos retratados por Dustin Hoffman, no filme “Encontro de Irmãos” (Rain Man).

Daniel vê os números como formas, cores e texturas e consegue realizar extraordinários cálculos mentais em poucos segundos. Em 2004, memorizou e recitou mais de 22 000 dígitos de pi, estabelecendo um novo recorde. É também um linguista de génio: fala 7 línguas e aprendeu o islandês numa semana.

Mas é virtualmente um caso único entre as pessoas com distúrbios autistas graves, visto que, não só não está isolado do mundo e é capaz de levar uma vida completamente independente mas, sobretudo, consegue explicar o que acontece dentro da sua cabeça.

Nascido num Dia Azul é uma história exemplar de sucesso, que começa na pequena infância, quando Daniel era incapaz de fazer amigos e era gozado pelos outros, até à idade de jovem adulto, em que aprendeu já a controlar-se e a viver de forma independente, se apaixonou, experimentou uma conversão religiosa ao cristianismo e, mais recentemente, se tornou uma celebridade.


Vou fazer um ring:
1-zuzaa
2-vandinha
3-JaneMary
5-PinkPanther
6-DharamInderKaur
4-pipa87
7-ichigochi


Journal Entry 2 by zuzaa from São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Saturday, January 16, 2010
Chegou ontem! Obrigada pela partilha. :)

Journal Entry 3 by zuzaa from São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Saturday, February 27, 2010
Vou começar a lê-lo hoje. Peço muita desculpa pela demora. =S

Journal Entry 4 by zuzaa from São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Tuesday, March 16, 2010
Acabei de lê-lo ontem! Desculpem a demora, mas li-o praticamente duas vezes, e tive de transcrever excertos para o meu projecto, que sem eles não seria certamente o mesmo (muito muito muuuuuuuuito obrigada marialeitora, não imaginas a ajuda preciosa que foi!!), o que me tirou ainda bastante tempo. E há coisas que vale mesmo a pena ler e reler e partilhar com todos. Pelo menos eu sempre que lia algo que me fascinava tinha de partilhar com o resto do grupo e com a stora. Acredita que foi mesmo um grande contributo!

Agora deixo aqui o post que fiz no meu blog acerca do livro (atenção: SPOILERS!):

«Diz-se que toda a gente tem um momento perfeito, de vez em quando, uma experiência de ligação e paz completa, como olhar do alto da Torre Eiffel ou ver uma estrela cadente no céu da noite. (...) O que os torna especiais é serem raros. (...) Imagino estes momentos como fragmentos ou estilhaços espalhados por uma vida. Se alguém pudesse apanhá-los e juntá-los, teria uma hora perfeita, ou mesmo um dia perfeito. E penso que nessa hora ou nesse dia estaria mais próximo do mistério do que é ser-se humano. Seria como um vislumbre do céu.»

E assim acaba um dos melhores livros que li nos últimos tempo. Li estas últimas palavras fascinada com quem as escreveu: Daniel Tammet. Nem sei por onde começar. Ora, sofre de Síndrome de Asperger (um tipo de autismo, para simplificar as coisas), mas dada a sua experiência de vida (a convivência com imensos irmãos, o voluntariado que fez, entre outros factores) conseguiu ultrapassar um dos maiores problemas dos autistas: a interacção social. Isto permitiu-lhe integrar-se cada vez mais na nossa sociedade, com um esforço acrescido, obviamente. E ao conseguir interagir e estabelecer comunicação com os outros permitiu também que os cientistas estudassem (e estudem) o fenómeno misterioso que é a sua mente. Se lhe derem um pedaço de plasticina e lhe disserem um número, ele reproduz na plasticina a imagem que se forma na sua mente ao pensar neste número. Cada número para ele tem uma forma, uma cor, uma textura (os entendidos na matéria chamam-lhe sinestesia, o que por acaso até faz sentido como figura de estilo). Estabeleceu um novo recorde europeu quando recitou 22 514 algarismos do pi em 5 horas. Diz que, na sua mente, o pi representa uma paisagem pois cada número contribui com um elemento para essa paisagem. Foi-lhe pedido por cientistas que estudasse num ecrã de computador dígitos do pi, mas tinham substituído secretamente os seis por noves em pontos ao acaso. Daniel diz-nos que conforme olhava para o ecrã começava a sentir-se desconfortável e a fazer caretas, pois via partes da sua «paisagem numérica a partirem-se, como se tivessem sido vandalizadas». Para ele, «pi é uma coisa extremamente bela e absolutamente única. Como a Mona Lisa ou uma sinfonia de Mozart, pi contém a sua própria razão para ser amado.»

É capaz de fazer cálculos mentais de cabeça em 10 segundos que eu não faria nem numa hora (e não era de cabeça). Se souber uma data de nascimento sabe precisar imediatamente a que dia da semana corresponde. Como em qualquer situação que envolva génios, foi jogar blackjack, e imaginem só que ele ganhou! (ler com tom irónico) Tem uma facilidade fascinante em aprender várias línguas e até fez disso profissão: criou um site, o Optimenm, onde disponibiliza cursos e formas de aprendizagem de línguas.

No seu livro dá-nos o exemplo de outras pessoas como ele. G. K. Cesterton «era capaz de citar de memória capítulos inteiros de Dickens e de outros autores e recordava os enredos dos 10 000 romances que avaliara como editor. As suas secretárias relatavam que ele podia ditar um artigo ao mesmo tempo que escrevia outro à mão, sobre um assunto completamente diferente. Contudo, estava sempre a perder-se, tão absorvido nos seus pensamentos que, por vezes, tinha de telefonar à mulher para o ajudar a regressar a casa.» Kim Peek, que «era capaz de ler aos dezasseis meses e completou o currículo do secundário aos catorze anos. Kim memorizou, ao longo dos anos, uma vasta quantidade de informação acerca de mais de uma dúzia de assuntos, que vão desde História e datas até à Literatura, Desporto, Geografia e Música. Consegue ler simultaneamente as duas páginas de um livro, cada uma com seu olho, com uma retenção quase perfeita [olha o jeito que isto me dava!]. Kim já leu mais de 9 000 livros inteiros e consegue recordar todo o seu conteúdo.» Lê em 10 segundos algo que lemos em 3 minutos.

O Homem é um autêntico leigo em certas matérias da mente humana. Mas é sempre fenomenal quando surge um caso destes, possível de ser estudado e que contribui grandemente para a descoberta de novas teorias. E estas coisas fascinam-me. Era só isso.

Aconselho vivamente que vejam este* vídeo. Ou este*. E este*, este*, este*, este* e este*. E já agora o site* dele. E que, obviamente, leiam o livro. Só isso.

*hiperligações no blog (http://ipsisverbis-z.blogspot.com/2010/03/nascido-num-dia-azul.html)

Vai seguir o quanto antes para o seguinte da lista.

EDIT: A JaneMary não responde. A pipa87 acabou por me respondeu mas eu já fiz seguir o livro para a DharamInderKaur. A PinkPanther diz que estava com um livro em mãos qu lhe ia levar muito tempo, para passarem à frente. Portanto peço só que a DharamInderKaur entre em contacto com a pipa87, quando acabar de o ler, dado que ela afinal está disponivel para o receber.

Journal Entry 5 by DharamInderKaur from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, May 03, 2010
Depois de ter ido parar à casa da vizinha que tem o mesmo nome que eu, lá a minha avó foi perguntar se por acaso ela tinha recebido um livro que não era dela...SIM!!! já o tenho e desculpem toda esta confusão!Vou começar a ler ainda hoje.

Obrigada pela partilha

Journal Entry 6 by DharamInderKaur from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, May 14, 2010
Já terminei e amei!Muito obrigada pela partilha que foi muito enriquecedora para mim.

Vou pedir morada e segue na proxima semana para a pipa87.

Obrigada!!!!

Journal Entry 7 by pipa87 from Aveiro, Aveiro Portugal on Saturday, May 22, 2010
Chegou!

Journal Entry 8 by pipa87 at Aveiro, Aveiro Portugal on Saturday, July 17, 2010
Gostei imenso. Um relato de vida formidavel.
Obrigado pela partilha!

Journal Entry 9 by ichigochi at Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Thursday, July 22, 2010
Chegou hoje.
Obrigada marialeitora e pipa87.

Journal Entry 10 by ichigochi at Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Sunday, September 19, 2010
Gostei muito desta leitura. Porque nos faz pensar nos nossos limites e nas nossas diferenças, porque nos põe a olhar para o mundo, para os outros, para a matemática e para a linguística com uma perspectiva fresca e renovada... porque é incrível perceber que o cérebro humano é capaz destes prodígios e que ainda sabemos tão pouco sobre os processos que o tornam possível...
E o Daniel é uma pessoa fantástica. A maneira como se esforçou para vencer as suas fraquezas e a humildade com que aceitou a sua diferença e se dispôs a utilizá-la para ajudar os outros e para possibilitar avanços científicos. É um exemplo de força e humanidade.

Obrigada pela partilha.
Contactei a pinkpanther25 para saber se ainda estava interessada e se tinha disponibilidade agora.

Journal Entry 11 by ichigochi at Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Monday, September 20, 2010
Vai voltar para casa.
Devo deixá-lo no correio amanhã, marialeitora.

Journal Entry 12 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Thursday, September 23, 2010
e já regressou a casa...
Obrigada à menina que o forrou..vem impecável apesar das várias viagens...

Journal Entry 13 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Wednesday, March 26, 2014
Emprestado à Alicia, por causa de uma certa conversa, numa aula! :) Espero que goste!

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.