Cardiff Morta

by John Williams | Literature & Fiction |
ISBN: 9726955718 Global Overview for this book
Registered by kizmiaz of Belém , Lisboa (cidade) Portugal on 11/14/2007
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
2 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by kizmiaz from Belém , Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, November 14, 2007
"Cardiff 1999. A cidade vive um boom de progresso e desenvolvimento, um novo estádio de rugby, a Cardiff Bay e a Assembly.
Charlie Unger morreu de forma algo misteriosa, foi encontrado no seu apartamento uma semana depois. Charlie era um tipo da velha guarda, campeão do mundo de pesos leves nos anos 50, atingiu fama e fortuna como pugilista e mais tarde como percussionista nos The Wurriyas, uma banda de Ska do início dos anos 80. Para o funeral reunem-se os antigos amigos que estão, na sua maior parte, perdidos e desiludidos com a vida, especialmente Mazz, o mentor e guitarrista dos The Wurriyas.
Enquanto os laços de amizade se refazem e os elementos dos The Wurriyas metem a conversa em dia começam a indagar a forma como Charlie morreu e a procurar Emyr, o antigo baterista skinhead, que entretanto se transformou num ícone da música gótica e se eclipsou do mundo no auge da fama."


Journal Entry 2 by kizmiaz from Belém , Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, November 15, 2007
Um livro com imensas referências culturais e musicais, especialmente a música independente dos anos 80, que faz lembrar um pouco o "The Rotter's Club" do Jonathan Coe e também alguns livros do Irvine Welsh e do Nick Hornby.
A história, embora um pouco negra, desenvolve-se com ritmo e humor e as personagens estão bem construidas, principalmente Mazz, Tyra, Jason e o Coronel e muito humanas, especialmente nas fraquezas.
A dificuldade de manter relações de amizade ou de as reatar passados anos de ausência é bem explorada pelo autor, tal como as ilusões de adolescente que se transformam nas desilusões de um tipo de 40 anos.
Gostei particularmente pois conhecia tão pouco dos Galeses e dos seus hábitos, e gostei bastante da forma como o autor escreve e conta a história fazendo um retrato visual e social da cidade, da época e até do próprio país.
Uma edição com alguns precalços de tradução, começando pelo título, e bastantes gralhas. De realçar ainda a perfeita inutilidade das notas do tradutor que, quando não são despropositadas, servem apenas para baralhar o leitor, o meu conselho é que NÃO as leiam. É por esta razão que só dou 7/10 e é também esta a razão porque leio tão poucos livros em Português.

Journal Entry 3 by kizmiaz from Belém , Lisboa (cidade) Portugal on Monday, May 05, 2008
Vai para a conto como parte da BBoxcertos da fbeatriz.

Journal Entry 4 by wingcontowing from Lisboa (city), Lisboa (distrito) Portugal on Monday, May 12, 2008
E já cá está. Obrigada kizmiaz!
Para já vai para a pilha TBR, claro!

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.