Uma vida imaginária

by David Malouf | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by wingArvoreswing of Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on 1/12/2007
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
6 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by wingArvoreswing from Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Friday, January 12, 2007
.

Journal Entry 2 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Thursday, August 18, 2016
Este é um livro belíssimo, sublime. David Malouf conta-nos, de forma ficcionada, os últimos dias do poeta Ovídio no exílio, a sua fusão com a Natureza e os elementos, fazendo-nos reflectir sobre a dicotomia "civilização"/Natureza. A linguagem dos sonhos e da transformação, do corpo e do espírito, as estações, a vida vivida plenamente nas suas dimensões, trabalham em nós de forma hipnótica, com esta leitura. Senti inveja deste Ovídio e da Criança livre que ele encontra, da sublimação de ambos.

É um livro que escolhi unicamente pela capa, belíssima como o seu conteúdo, e que me levou à descoberta de um autor magnífico, cuja obra perseguirei.

"Tudo aconteceu como eu sabia que aconteceria.
O ano passou depressa. Tornei-me robusto e forte outra vez e deixei de lamentar-me e arrepender-me do meu destino. Dou longos passeios pelo matagal, que está cheio de animais minúsculos e insectos, todos dignos de serem vistos. desço até à praia e falo com os pescadores, enquanto o mar investe e ressoa nos lisos calhaus negros. O mar, nestes lugares, está cheio de peixes, todos belos à sua maneira, todos criados perfeitamente, com todos os pormenores da sua anatomia úteis, necessários, e por isso admiráveis, mesmo quando são produto do terror. Deixei de achar falhas na criação e aprendi a aceitá-la. Temos um poder em nós que conhece os seus próprios limites. É isso o que nos conduz para aquilo em que nos devemos transformar. Só temos de admitir a possibilidade e de alguma maneira o espírito trabalha em nós para que aconteça. Este é o verdadeiro significado da transformação. Esta é a verdadeira metamorfose. Os nossos eus futuros estão contidos em nós, como as folhas e as flores estão na árvore. Só temos de descobrir a Primavera e libertá-la."

"Que mais devem ser as nossas vidas senão uma contínua série de começos, de dolorosas incursões no desconhecido, saindo das margens da consciência para o mistério daquilo em que ainda não nos transformámos, excepto em sonhos que a partir daí explodem e dão à luz a fragrância de ilhas que ainda não vimos nas horas em que estamos acordados(...)"

Journal Entry 3 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Saturday, September 24, 2016
Foi enviado ontem para a menina dos amores (aka ladylouve).
Assim se inicia este BookRay (já tenho saudades).

Inscritas:
- ladylouve
- xtorya
- marialeitora
- Janeka
...
- Maria-Nunes

Espero que gostem.
Abraços

Journal Entry 4 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, October 05, 2016
Recebido hoje (bem, ontem, que agora é feriado) Muito obrigada! :)

Irei iniciá-lo assim que terminar as leituras que tenho em mãos, peço desculpa se demorar um pouco mais que o previsto desde já :)

Journal Entry 5 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, October 13, 2016
Realmente, este é um livro que pode mudar uma vida. Foi uma experiência quase transcendental, a busca da Criança, o ganhar de uma nova linguagem, a final união com a real natureza que sempre nos rodeia mas que tantas vezes nos custa ver. Um livro belo, emotivo, mas ainda assim claro, com um objectivo definido. Gostei imenso.

Digo mais: http://naomeapeteceestudar.blogspot.pt/2016/10/uma-vida-imaginaria.html

Talvez este livro tenha mudado um pouco a minha vida. Espero que mais gente se sinta igualmente mudada :)

Journal Entry 6 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Sunday, October 16, 2016
Segue viagem para a xtorya :)

Journal Entry 7 by xtorya at Cercal do Alentejo, Setúbal Portugal on Thursday, October 20, 2016
Chegou hoje, obrigada.

Journal Entry 8 by xtorya at Cercal do Alentejo, Setúbal Portugal on Tuesday, November 08, 2016
Não gostei lá muito de o ler...saltei umas páginas...
Seguirá para a marialeitora logo que me envie a morada.

Journal Entry 9 by xtorya at Cercal do Alentejo, Setúbal Portugal on Thursday, November 10, 2016
Enviado dia 8/11 para marialeitora.

Journal Entry 10 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Friday, November 11, 2016
e já cá está!

Obrigada! Vou pegar nele já!

Journal Entry 11 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Thursday, November 17, 2016
pois...gostava de ter gostado mas...não gostei...e foi uma desilusão porque tinha expectativas altas em relação ao livro e ao autor. Há algumas páginas que me prenderam a atenção mas, no geral, não vai deixar-me saudades...

já contactei a janeka...aguardo morada.

Journal Entry 12 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Friday, December 02, 2016
Chegou hoje! Tenho alguma curiosidade em relação a este livro e agora ainda mais que li os comentários dos leitores anteriores: será que me vai "cair no goto" ou antes pelo contrário?

Journal Entry 13 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Saturday, January 14, 2017
Ao contrário das últimas leitoras, eu gostei bastante deste livro. Assim sendo, estou com o Arvores, que, tal como eu, se deixou conquistar por esta história simples, mas bastante poética, com uma narrativa que, à partida, parece não nos ser muito afim, mas que acaba por ser bastante interessante de seguir.

O exílio do poeta Ovídio e a descoberta de uma Criança selvagem (e a tentativa de a "civilizar", em "contra-corrente" em relação aos outros "civilizados" com quem Ovídio vive) acabou por me agradar bastante. Gostei especialmente do início da história, em que Ovídio se sente um estranho perante os restantes habitantes daquela aldeia perdida algures nos confins do Império Romano, para onde foi desterrado, por não habitar aquela língua. Em paralelo, acabará por encontrar e ligar-se a outro ser estranho que também será rejeitado porque incompreendido.

Muito obrigado ao Arvores por me ter dado a possibilidade de conhecer um autor australiano e de quem ouvi falar a propósito do prémio Nobel (parece que é um daqueles autores que está no "vai-não-vai" para o receber). Ficou a vontade de conhecer mais livros que ele tenha escrito!

Journal Entry 14 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, January 27, 2017
Já chegou há uns dia (mas não tive logo oportunidade de vir aqui fazer a JE); Estou a gostar muitíssimo de o ler.
Obrigada pela partilha!


Journal Entry 15 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, February 10, 2017
Gostei mesmo muito deste livro!
Achei delicioso.

Muito obrigada pela partilha :-)
Parece que sou a última da lista, verdade?
Arvores, envio-o de volta para ti?


Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.