O Fiel Jardineiro

Registered by usedtobe on 6/9/2006
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
8 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by usedtobe on Friday, June 09, 2006

"Nas margens do lago Turkana, no Quénia, uma mulher jovem e bela, Tessa Quayle, é brutalmente assassinada. O seu suposto amante e companheiro de viagem, um médico sul-africano, desapareceu sem deixar rasto. Justin, o marido de Tessa, ambicioso diplomata da Embaixada Britânica em Nairobi, e grande amante da jardinagem, não aceita a versão oficial do crime e empreende, por sua conta e risco, uma busca pessoal em perseguição dos assassinos de sua mulher. A procura da verdade leva-o do ministério dos Assuntos Exteriores em Londres, através da Europa e do Canadá, de volta a África, ao Sudão e finalmente ao local onde Tessa morreu. Nesta odisseia cheia de espanto, Justin conhece o terror, a violência, o riso, a conspiração e a sabedoria. Mas a grande revelação da sua viagem é a mulher a quem não teve tempo de amar verdadeiramente."


Journal Entry 2 by usedtobe at on Friday, June 09, 2006

Released 12 yrs ago (6/10/2006 UTC) at

WILD RELEASE NOTES:

RELEASE NOTES:

Libertado durante o piquenique BookCrossing no Parque das Nações. Espero que alguém o queira levar para casa! :o)


Journal Entry 3 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, June 12, 2006
Trouxe-o comigo no dia do piquenique no Parque das Nações que juntou uma data de bookcrossers. Já ouvi falar bem deste autor (e também do filme inspirado neste livro), por isso decidi trazê-lo para casa.

Obrigado Virgulina.

Journal Entry 4 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, August 17, 2006
Começamos a ler este livro e percebemos logo que Le Carré tem uma forma de narrar muito própria, mas complexa e algo densa, com analepses dentro de analepses, o que exige de nós alguma concentração para não perdermos o fio à meada e compreendermos a história. Além disso, é necessário ter muita atenção, pois há imensas personagens.

Para dizer a verdade, pensei que me ia deparar nestas páginas com uma história romanticazinha melodramática (nunca tinha lido nada de John Le Carré), por isso foi interessante descobrir que me enganei redondamente. Trata-se, isso sim, de um thriller "político" que pretende denunciar os males do capitalismo desenfreado e a "procura irresponsável do lucro [que] está a destruir o globo". Claro que no fim, o autor nos alerta para o facto de ser uma história inventada, não-verídica. Mas também é verdade que Le Carré lá acaba por dizer que "à medida que continuava a minha viagem pela selva farmacêutica, fui percebendo que, em comparação com a realidade, a minha história é tão inofensiva como um postal de férias", o que é de nos deixar com os cabelos em pé... Uma expressão irónica recorrente é "numa sociedade civilizada", o que mostra perfeitamente a crítica patente a todo o livro. Além disso, somos confrontados com uma questão eticamente relevante: a morte de um africano é menos importante que a de um europeu ou americano?
Como estudante de Relações Internacionais, foi muito interessante mover-me nos corredores do poder da embaixada britânica no Quénia e assistir às forças que detêm, de facto, o poder no mundo globalizado dos dias de hoje.

Até ao capítulo Dez, a história demora algum tempo a arrancar. O autor demora-se a desenvolver as bases da história (os primeiros capítulos são algo penosos e é necessária alguma paciência), pois perde-se em pormenores quase insignificantes que, se por um lado ajudam a fazer um completo enquadramento da trama, por outro tornam-na demasiado prolixa, o que não facilita a compreensão da história. Mas a partir do Capítulo Dez, alcançamos a velocidade de cruzeiro e já ninguém nos pára: começamos a perceber tudo melhor e queremos ver como é que a história vai acabar.

E se, no princípio, não simpatizamos muito com a personagem Tessa, à medida que a história vai evoluindo, essa primeira impressão acaba por desaparecer e acabamos por admirá-la. Ficamos mesmo sensibilizados com a sua "luta contra uma grande injustiça", a qual o marido não abandona. Revi-me, em certos aspectos, na personagem Justin. Aliás, julgo que é impossível ficarmos indiferentes a todas as personagens, seja pela humanidade e actos de boa vontade de umas, seja pelos maus actos de outras.

Gostei muito de ler este livro, cujo final não podia ser diferente daquele que nos é apresentado, e recomendo-o vivamente. Gostava bastante de ver o filme de Fernando Meirelles, para saber se a adaptação foi bem conseguida. Assim que tiver oportunidade, vê-lo-ei.

Journal Entry 5 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Sunday, August 12, 2007
Aqui estão as regras para um BookRing bem sucedido:

1. Aceitam-se inscrições (por PM ou no fórum), até mesmo depois do livro estar já a circular.

2. É dado como indicador o prazo de 1 mês para lerem o livro, mas podem lê-lo de acordo com o vosso ritmo próprio. No caso de precisarem de mais tempo, mantenham-nos actualizados para sabermos que não se esqueceram dele.

3. Façam uma "Journal Entry" quando receberem o livro e outra quando acabarem de o ler, com a vossa opinião.

4. Não se esqueçam de entrar em contacto com o leitor seguinte algumas páginas antes de acabarem o livro, para dar seguimento ao BookRing.

5. Estão completamente à vontade para sublinharem e fazerem notas à margem do texto, mas se o fizerem, façam-no a lápis. E se quiserem, podem escrever um pequeno comentário na última página em branco, bem como o nome ou screen name e a data em que acabaram de ler.


Este livro vai passar pelas mesinhas-de-cabeceira de:

- Baiia
- marialeitora
- SARASC
- Moonwoolf
- Claudete

Journal Entry 6 by Baiia from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, August 29, 2007
Chegou! Obrigada Jota-P. Vou começar hoje mesmo, talvez consiga rápido. As expectativas são elevadas!

Journal Entry 7 by Baiia from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Sunday, October 07, 2007
Terminado! Peço desculpa pelo tempo que demorei. Gostei bastante do livro, da forma como a trama se desenrola, apesar de ter que concordar que nos primeiros dez capitulos a história evolui pouco.
Obrigada Jota-P!

Journal Entry 8 by Baiia from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, November 19, 2007
A marialeitora aceitou receber o livro, segue amanhã para ela. Jota-P não falei com a SARACS e a Dangerouswoman não me respondeu quando lhe pedi a morada. Boas leituras.

Journal Entry 9 by marialeitora from Vila Real, Vila Real Portugal on Friday, November 23, 2007
Cá está ele...vivinho da Silva. Vou lê-lo e depois direi!Obrigada JotaP! Obrigada Baiila!

Acabei. Gostei sobretudo porque ainda não tinha lido nada de John Le Carré. É um autor que vou repetir. No entanto, pelo facto de já ter visto o filme (que adorei!) o livro pareceu-me "dejá vu" (que ironia!) e acho que por isso não lhe achei tanta piada.
Já pedi morada à Cleopatra23. Aguardo resposta para lho enviar na próxima semana.

Journal Entry 10 by SARASC from São Pedro da Cova, Porto Portugal on Wednesday, December 26, 2007
Chegou.
Obrigada marialeitora pelo envio e, obrigada jota-P pelo Bookring.
Este é um dos livros que anseio ler há já algum tempo.

Journal Entry 11 by SARASC from São Pedro da Cova, Porto Portugal on Wednesday, January 23, 2008
Uma leitura apaixonante desde o início. Apesar de ser ficção, bem que poderia ter-se passado na realidade.
Anseio por ver o filme deste livro.
Obrigada Jota-P pela partilha.
Segue para a Moonwolf.

Journal Entry 12 by Moonwoolf from Azambuja, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, January 30, 2008
Chegou hoje mesmo. Tentarei me despachar o quanto antes. Até lá!

28-02-2008 = Uma história muito interessante. A busca pela crua e dura verdade mostra-nos os caminhos dificeis que por vezes temos de percorrer. Mostra-nos também a verdadeira essência do Humano, da selvajaria que demonstramos quando não queremos mostrar a verdade. O bom e o mau é relatado com sabedoria e pormenor, que achei formarem uma agradável leitura.

Journal Entry 13 by Moonwoolf at on Wednesday, March 05, 2008

Released 11 yrs ago (3/5/2008 UTC) at

WILD RELEASE NOTES:

RELEASE NOTES:

Segue viagem até Claudete

Journal Entry 14 by Claudete from Sintra, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, March 06, 2008
Chegou hoje...Vai ficar na pilha TBR mas espero não demorar muito.Obrigado pelo envio...Boas leituras xD

Journal Entry 15 by Claudete from Sintra, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, April 03, 2008
Peço imensa desculpa, mas só agora cheguei a meio do livro, não tenho tido muito tempo para ler.
Se puder ser fica mais um tempinho, se tudo correr como previsto envio para a semana.
Desculpa mais uma vez
Boas leituras xD

Journal Entry 16 by Claudete from Sintra, Lisboa (distrito) Portugal on Saturday, April 19, 2008
Já o acabei de ler.
Não foi um livro que gostasse muito, mas até tem uma história interessante.
Até mais ou menos meio do livro achei-o meio enfadonho, a história não se desenrolava muito. Mas depois ficou mais interessante.
Obrigada Jota-P.
Boas leituras xD

Journal Entry 17 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Friday, May 02, 2008
E já voltou a casa! Espero que por onde passou tenha feito amigos! Obrigado por terem tratado bem dele.

Como é um livro que já tomou o gosto pelas viagens, creio que não vai ficar muito tempo parado aqui na prateleira...

Journal Entry 18 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Saturday, May 10, 2008
Tendo tomado o gosto pelas viagens, este livro não quis ficar parado muito tempo aqui em casa. Foi entregue hoje em mãos à butterfly-noir no encontro da Quinta das Conchas em Lisboa, que decidiu aceitá-lo no âmbito da iniciativa promovida pela fbeatriz BookXcertos.

Journal Entry 19 by butterfly-noir from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, May 14, 2008
não fazia ideia que livro estava a escolher, mas gostei do excerto e confio no bom gosto do jota-p ;)
fiz uma boa escolha estava curiosa para ler alguma coisa deste autor e ainda nem vi o filme apesar de ter ouvido falar muito bem dele. estou ansiosa para ler o livro, vou faze-lo assim que a minha tbr actual permitir.

e depois deixa-lo viajar de novo...

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.