Confissões de Paulo Coelho

by Juan Arias | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by Patiblue of Vila Nova de Milfontes, Beja Portugal on 9/7/2005
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
4 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by Patiblue from Vila Nova de Milfontes, Beja Portugal on Wednesday, September 07, 2005
Entrevista com o autor do conhecido "alquimista"

Reservado para a BookBoxRing...

Journal Entry 2 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, January 23, 2006
Chegou hoje acompanhado dos Doze Contos Peregrinos.
Decidi ficar com ele porque a minha irmã se mostrou interessada em lê-lo e, como isso é raro (e como quero que ela se dedique mais à leitura) há que aproveitar todas as oportunidades que surjam para lhe incutir o gosto pelos livros.

Depois também eu próprio o lerei e direi o que achei. Do Paulo Coelho só li O Alquimista e, embora não faça muito o meu género, não lhe devoto assim um "ódio" tão grande que não seja capaz de ler o que ele tem para dizer.

O mais provável é que depois organize um BookRing para mais gente ter oportunidade de o ler.

Obrigado Patiblue por este BookBoxRing, o primeiro em que participo.

Journal Entry 3 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Tuesday, March 21, 2006
Já acabei. Devo dizer que no princípio, quando comecei a ler o livro e as opiniões de Paulo Coelho, estava um pouco de pé atrás porque misticismos, espiritismos, magias (brancas ou negras ou de outra cor qualquer), esoterismos, filosofias de algibeira, etc., não fazem muito o meu género. No entanto, à medida que ia avançando no livro (não obstante nas primeiras páginas ter a leve sensação de que ele estava a fugir ao que lhe era perguntado e de mostrar um certo "snobismo" com o caso das fotografias ou o caso do dinheiro que doa à sua própria fundação, umas páginas mais à frente) fui percebendo um pouco melhor o escritor e o porquê de escrever o que escreve (embora eu ainda só tenha lido um livro dele... mas já ouvi falar de outros!).

E, de facto, não compreendo muito bem o porquê de tanta gente ter preconceitos para com este autor. Será por ter muito sucesso (por ser um escritor de massas)? Ele não é decerto o único. Será por fazer muito dinheiro? Será por os livros serem simples (ou superficiais)? Mas então como é que tanta gente o lê, em todas as partes do mundo, do mais pobre e indefeso, ao mais rico e poderoso?

Eu também caía um pouco nesse preconceito, mas depois de ler este livro (o capítulo 9, "O Escritor" ajudou) apercebi-me que não devemos ter "preconceitos estéticos" (palavras de Nélida Piñón, transcritas na pág.180). Ler um livro de Paulo Coelho significa que as nossas escolhas literárias são más? Na minha opinião, não. Admito que não pretendo comprar livros do Paulo Coelho (a conta bancária dele já deve estar bastante recheada, se bem que acredito que esse dinheiro seja para ajudar, quanto mais não seja, a sua fundação...), mas se se proporcionar, não me importarei de lê-los.

Foi a primeira vez que li um livro em forma de entrevista, o que não deixou de ser interessante.

Journal Entry 4 by wingAnonymousFinderwing on Tuesday, March 28, 2006
Aceitei com muito gosto o livro que Jota-P me ofereceu! Espero poder apreciar a leitura deste livro com calma e, posteriormente, comentar!;)


CAUGHT IN FACULDADE DE CIENCIAS SOCIAIS E HUMANAS,LISBOA PORTUGAL

Journal Entry 5 by Secretfriend on Tuesday, March 28, 2006
Aceitei com muito gosto o livro que Jota-P me ofereceu! Espero poder apreciar a leitura deste livro com calma e, posteriormente, comentar!;)

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.