Daqui Ninguém Sai Vivo (Biografia de Jim Morrison)

Registered by NeferSand on 6/28/2005
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
10 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by NeferSand on Tuesday, June 28, 2005
Disponível.

Journal Entry 2 by NeferSand on Wednesday, June 29, 2005
Este livro acompanha-me há muitos aninhos. Simplesmente adoro-o. Como não sou muito boa a comentar livros, deixo aqui algumas transcrições que fiz há uns anos atrás e que agora encontrei nas páginas do livro:

"Digamos que estava a pôr à prova os limites da realidade. Estava curioso em ver o que aconteceria. Era tudo: apenas curiosidade." - P.?

"(...) observava todas as reacções, anotando o que podia aterrorizar, fascinar ou enlouquecer" - p.31

Recomendo.

Journal Entry 3 by NeferSand on Wednesday, June 29, 2005
Em princípio amanhã mando-o já para a LunaVita.

Divirtam-se com a leitura, mas:
- Façam sempre a JE quando recebem e quando enviam para a pessoa seguinte;
- Tentem não demorar "eternidades";
- Preencham e completem a folha com a lista do bookring (que virá nas páginas do livro), para que possa fazer um marcador de páginas com as vossas assinaturas. ---> Esqueçam isto. Para poderem mandar por Correio Editorial não pode ter isto. Deitem fora o marcador e assinem nas últimas páginas em branco sff. =)
- O último a ler reenvie para mim.


Lista para o bookring:

1- LunaVita (Alcanede)
2- russa (Abrantes)<-- A caminho daqui
3- Snowshoee (Moita)
4- ESofista (Braga)
5- Patiblue (Vila Nova de Milfontes)
6- awryn (lisboa)
7- Orgenetnom (Faro)
8- ElHurricane (Ovar)
9- nninoca (Porto)
10- -Claudia- (Amadora)
11- ...

last- aqui a je =)


1 Julho 05 - Segue hoje para a LunaVita

Journal Entry 4 by LunaVita from Nazaré, Leiria Portugal on Tuesday, July 05, 2005
Chegou ontem, mas só hoje é que fui à caixa de correio! Já comecei a ler. Depois dou mais notícias.

Journal Entry 5 by LunaVita from Nazaré, Leiria Portugal on Friday, August 05, 2005
Quando eu tinha 17 anos, tive um colega de turma que era facinado pelo Rei Lagarto. A minha onda era Pink Floyd, e nunca entendi na realidade de onde lhe vinha tanta fascinação. Gravou-me uma cassete com músicas dos Doors, e ouvimo-la juntos algumas vezes para ele me explicar o que queriam dizer as letras (ele era o melhor da turma em todas as disciplinas, excepto a inglês, que tinha sempre negativa). Ele deve ter lido este livro, ou algum outro deste género nessa altura. Só agora eu consigo começar a compreender a verdadeira extensão do mito dos Doors e mais especificamente do Jim Morrison. Sempre foi uma figura que me atraiu, por ser bonito, irreverente, por cantar músicas de que eu gosto tanto, ao ponto do toque do meu telemóvel ser o "Light my fire" praticamente desde que o tenho, há uns bons anos. Esta semana tem sido uma "tripe" de Doors em que, a par do livro vi o filme do Oliver Stone: Doors, O Mito de uma Geração, que eu tinha aqui, que já tinha visto, mas que também só agora deu para perceber o porquê de muitas cenas que tinham que ser necessariamente corridas, senão o filme durava 10 horas. Foi ouvir música deles toda a semana. E agora desconfio que não vai parar por aqui, porque na busca da fotografia do "jovem leão", que é o nome técnico dado a esta foto, já encontrei um monte de páginas e também quero ler mais alguns livros sobre eles.
A respeito do livro em si: nunca li um livro cuja tradução fosse tão mazinha. Muitas traduções literais em que se perde o sentido. Alguns erros. Muitas descrições exaustivas de cenas cujo significado seria discutível. Enfim. Mas isto é apenas a forma. O conteúdo deixou-me com muuuita vontade de ir explorar mais, como já disse. Vou escrever então no livro algumas observações, e vou mandar o tal marcador também, porque nunca tive problemas em mandar marcadores. Aliás, no site dos correios eles dizem que é permitido. Vou mandar à russa, assim que tenha a morada.

Journal Entry 6 by russa from Abrantes, Santarém Portugal on Friday, August 26, 2005
Recebi ontem e já comecei a ler.
A 1ª impressão é muito boa.
Obrigado LunaVita e Nefersand

Journal Entry 7 by russa from Abrantes, Santarém Portugal on Monday, September 19, 2005
Acabei ontem de ler e gostei muito.Fiquei a conhecer melhor alguém que muito admiro e que me despertava enorme curiosidade. Não fiquei defraudada, era realmente alguém fantástico que vivia a vida a 500 por cento, sempre no limite.
Obrigado NeferSand.
Vou enviar hoje para a Snowshoee.

Journal Entry 8 by Snowshoee from Moita, Setúbal Portugal on Friday, September 23, 2005
E já chegou às minhas mãos! Vou tentar ser o mais rápida que puder, mas como vou ter um exame importante brevemente... enfim, peço desculpas se demorar um pouco mais... Obrigada Russa e Nefersand!

Journal Entry 9 by Snowshoee from Moita, Setúbal Portugal on Wednesday, October 12, 2005
Finalmente terminei este livro. É sem dúvida uma biografia bastante completa, extensa demais na minha opinião. Acho que para quem adora o Jim é um excelente livro, mas para quer saber apenas um pouco mais da vida dele, não recomendo! :p É apenas a minha opinião, mas ler este livro cansou-me.
Obrigada pela oportunidade Nefersand! Segue para a Esofista!

Journal Entry 10 by ESofista from Braga, Braga Portugal on Thursday, October 27, 2005
Já está comigo e já o comecei a devorar. Quando acabar deixo aqui a minha opinião!

Journal Entry 11 by ESofista from Braga, Braga Portugal on Tuesday, December 20, 2005
Foram longas as noites em que me deixei adormecer ao som de Rider on The storm, The End, When the music’s over, Light my fire, Break on Through… Foi a primeira vez que não me preocupei com a letra das músicas, abandonei-me apenas a uma voz grossa, sensual e visceral.

“Daqui ninguém sai vivo” apresenta-nos Jim Morrison como Deus! O livro está carregado de diálogos pormenorizados e por mais entrevistas que os autores tenham feito não acredito que conseguissem chegar a tais detalhes. É uma biografia exageradamente divinizada o que não nos impede de ficar imediatamente presos ao livro, maravilhados com Jim, sempre pronto a quebrar as normas e regras vigentes… Morrison era um bibliófilo compulsivo!

O livro peca, para além da desproporcionada efabulação, por uma péssima tradução.

Mas serviu para me aproximar definitivamente dos The Doors.

Vai seguir viagem

Journal Entry 12 by Patiblue from Vila Nova de Milfontes, Beja Portugal on Tuesday, December 27, 2005
Chegou! Obrigado a todos. Vou tentar se breve

Journal Entry 13 by Patiblue from Vila Nova de Milfontes, Beja Portugal on Wednesday, February 01, 2006
Já o tinha lido há muitos anos, reli e gostei.
Obrigado Nefersand, seguiu hoje para a awryn.

Journal Entry 14 by awryn on Thursday, February 09, 2006
Já chegou.

Journal Entry 15 by awryn on Friday, February 24, 2006
O livro torna-se um pouco exaustivo para os que não são fans acérrimos dos Doors, mas ainda assim lê-se bem. Veio confirmar algumas ideias que já tinha sobre o Jim Morrison.

Journal Entry 16 by awryn on Saturday, March 04, 2006
Como o/a Orgenetmon não responde vou enviar para o próximo.

Journal Entry 17 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Wednesday, March 29, 2006
Ehehehe.... recebi-o ontem. E, surpresa, verifiquei que a foto da capa é a foto que a filharoca tem no msn de ha dois ou três dias para cá rsrrs.

Hoje a filha viu e livro, e comentou: oras, mãe, é um livro para se ter, não (só) para ler....

Obrigado Nefersand pela partilha..... obrigado awrin pelo envio....

Journal Entry 18 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Sunday, July 23, 2006
Esta comigo, esta comigo... e, gostava de ficar com ele ainda mais um cadinho... posso?

Fiquei curiosa...

Journal Entry 19 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Wednesday, September 13, 2006
Perdoa ter demorado tanto tempo! Ainda por cima, nao consegui ler... a letra é pequenina e ando extremamente cansada.... desculpa NeferSand...

Seguiu hoje para a -Cláudia-

Journal Entry 20 by -Claudia- on Tuesday, September 19, 2006
Já está comigo!
Obrigada pelo envio, nninoca!

Journal Entry 21 by -Claudia- on Saturday, December 09, 2006
Depois de algum tempo soterrada em rings, finalmente consegui dedicar a atenção que este livro merece.
O fascínio pelos Doors e por Jim Morrison surgiu através da minha irmã mais velha, que, graças à sua fase "hippie", fez com que conhecesse alguns mitos dos anos 60/70.
Jim Morrison foi, sem dúvida, alguém para além deste mundo.
É surpreendente esta consciência que ele possuía de que o mundo pedia "novos deuses", a busca de algo superior, que acabava por transcender a própria música... e ele tentou sempre superar-se a si próprio.
É exactamente isso que nos atrai nos mitos e Mr. Mojo Risin proporcionava essa libertação, essa ânsia de chegar aos limites e penetrar o desconhecido.


The Negroes in the forest brightly feathered
They are saying, "Forget the night
Live with us in forests of azure
Out here on the perimeter there are no stars
Out here we is stoned - immaculate."

(...)

I'll tell you this
No eternal reward will forgive us now for wasting the
dawn

(...)

(The Wasp - Texas Radio and The Big Beat)



Obrigada por este ring, NeferSand! :)
Aguardo a morada para fazê-lo voltar para casa.

Journal Entry 22 by -Claudia- on Wednesday, January 17, 2007
Como ainda não tive resposta, o livro seguiu para o ElHurricane, que ainda não o tinha chegado a ler.

Journal Entry 23 by ElHurricane on Friday, January 26, 2007
Acabou de chegar para aumentar a pilha.
Obrigado NeferSand e -Claudia-

Journal Entry 24 by ElHurricane on Wednesday, April 11, 2007
Acabei de o ler agora. Adorei. É fantástico poder conhecer melhor as extravagâncias e forma irreverente, e sempre no limite, de agir perante a vida, de uma figura com tanto de genial como de controverso como foi Jim Morrison.

Obrigado Nefersand pela oportunidade.
Segue de regresso a casa mal haja confirmação de morada

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.