Resistência

by Rosa Aneiros | Romance |
ISBN: 9722026313 Global Overview for this book
Registered by Biosbardo of Poio, Pontevedra Spain on 3/3/2005
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
6 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by Biosbardo from Poio, Pontevedra Spain on Thursday, March 03, 2005
Em Resistência, faz-se todo um percurso a través da história portuguesa pela mão de duas famílias amaldiçoadas pela escravidão do amor, a morte e o silêncio.
Para os protagonistas, a militância política não foi uma opção, mas sim uma exigência, e tiveram de lutar desesperadamente contra a miséria e os seus próprios sentimentos com a única arma de que dipunham: a resistência. Dinis, um operário de uma fábrica de vidro na Marinha Grande e Filipa, filha de um rico comerciante de Coimbra, vivem uma relação apaixonada sem pesar as consequências. Mas ninguém consegue escapar aos designios do tempo e a vida dos amantes vê-se marcada pelas adversas circunstâncias políticas que ensombraram Portugal até à Revolução dos cravos.
Um romance apaixonante, escrito com ímpeto de vida. Um romance difícil de esquecer, belo e memorável.

Journal Entry 2 by Biosbardo at Cafe Vianna-Zona Oficial BookCrossing in Braga, Braga Portugal on Thursday, March 03, 2005

Released 14 yrs ago (3/5/2005 UTC) at Cafe Vianna-Zona Oficial BookCrossing in Braga, Braga Portugal

WILD RELEASE NOTES:

RELEASE NOTES:

Ofereço este livro com todo o carinho do mundo aos BCeiros portugueses (e ojalá futuros amigos). Faço assim a minha pequena contribução para que se mantenha vivo o esprito de abril, máis aló de Zé Maneles, Santanas e Sócrates. Há 31 anos já a história de Portugal mudou "num abril e fechar d´olhos", como diz o título de uma obra de teatro. Esta história de liberdade é um reflejo.
Desde a outra beira do Minho, abraços de abril. Coloco aquí um poema de Sophia de Mello:
"25 de abril"
Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Journal Entry 3 by ESofista from Braga, Braga Portugal on Saturday, March 05, 2005
O meu querido amigo Biosbardo trouxe este livro para o encontro de Braga. Espero ler o mais rápido possível. Quero aprender mais sobre o 25 de Abril já que os meus apenas 20 aninhos não lhe dão a merecida importância. No fim deixarei o comentário e cumprirei a vontade de Biosbardo: fazer um bookring!

Journal Entry 4 by ESofista from Braga, Braga Portugal on Monday, November 28, 2005
Com este livro estou a organizar um bookring.
Para já estão inscritos,

1.nninoca (Porto)
2.patanisca (Porto)
3.Mattellaca (Aveiro)
4.peto (Coimbra)
5.kirSha (Tomar)
6.Pazyryk (Lisboa)
7.gordiana (Lisboa)
8.sibara (Lisboa)
9.lililima (Lisboa)

Journal Entry 5 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Monday, January 16, 2006
hmmmmm............. chegou hoje. e já comecei a ler, é claro!

Antes de mais, porque me trazia lembranças do Biosbardo, que conheci no almoço de coimbra, na visita á biblioteca..... e que agradável que é recordar, recordá-lo.....

Depois
a surpresa do livro. escrito por uma galega, sobre este portugal aqui? Sobre S. Pedro de Moel, a Marinha Grande, Leiria...

Até parece que estou lá!

E depois, os viveres desta gente, tão semelhantes aos viveres, diferentes, mas semelhantes, que conheci quase por dentro, na Figueira da Foz..... nesses anos que já lá vão....

.... ainda estou surpresa por ser um autor galego e um BC galego, a oferecer-me a leitura de um livro destes sobre a minha terra!

Um milhão de OBRIGADOS Biosbardo, pela partilha!
Obrigado Esofista pelo envio.....

Journal Entry 6 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Friday, January 20, 2006
Estou encantada com o livro.... não tanto, ou só, pelo conteúdo, mas também pela surpresa de uma mulher mais nova que eu, e galega, conhecer tão bem estas terras, estes viveres, estas formas de estar, que foram tão nossas!

2006.01.24
Abri uma thread:
pssstttttt.... há alguém aqui de S. Pedro de Moel? ou que conheça bem?
é que, no livro que estou a ler
http://www.bookcrossing.com/---/2547017
a autora demonstra conhecer bem as terras, as gentes e os usos que retrata.... só que.... ela fala na existência de um penedo da saudade, em S. Pedro de Moel.... e eu só conheço o de Coimbra!

Ainda assim, apesar de conhecer MUITISSIMO bem coimbra, e bastante bem S. Pedro de Moel.... fico na dúvida, porque a autora conhece muito bem aquelas terras, apesar de ser de origem galega.

Alguém consegue esclarecer-me?

e tive a resposta:
- S. Pedro de Moel: o Penedo da Saudade é onde está o farol. by quico


E só então, fui procurar no Google, e, encontrei:

(já volto!)

Journal Entry 7 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Sunday, July 23, 2006
Que vergonha! Ainda está comigo! Bolas...

A vida complicou-se por aqui, e o livro nao seguiu em tempo. Vai agora que vou perguntar quem o pode receber...

OBRIGADO Biosbardo, pela partilha!

Journal Entry 8 by nninoca from Porto - City, Porto Portugal on Tuesday, August 08, 2006
Patiu hoje a caminho da casa da patanisca.... perdoem a demora....

Obrigado pela partilha, biosbardo!

Journal Entry 9 by patanisca from Matosinhos, Porto Portugal on Wednesday, August 16, 2006
Chegou, obrigado.

Patanisca

Journal Entry 10 by patanisca from Matosinhos, Porto Portugal on Wednesday, August 23, 2006

Fiquei admirada por uma jovem como a autora da Galiza conhecer tão bem os costumes do nosso povo e de S. Pedro de Moel, a forma como nos transporta para uma época menos bela da nossa história, onde centenas de pessoas foram condenados somente por lutar pelos seus direitos. Viram as suas vidas interrompidas desumanamente.
Gostei do livro das personagens, um romance carregado de sentimentos.

Estou à espera de resposta para o fazer seguir.

Journal Entry 11 by pazyryk from Torres Vedras, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, September 13, 2006
Chegou hoje! Obrigada pelo envio Patanisca.

Journal Entry 12 by pazyryk from Torres Vedras, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, November 15, 2006
Fez-me em algumas alturas lembrar o livro "Sinais de Fogo" do Jorge de Sena. Talvez por ser passado na mesma época, pela relação Figueira da Foz, S. Pedro de Moel e os amores adolescentes de Verão.
Apesar do mérito da escritora galega se interessar pela história Portuguesa e pelo período do Estado Novo e 25 de Abril, nota-se a sua juventude. Mas, até aí tudo bem. E li todo o livro com muito interesse. O que me chateou muito foi a tradução ou ausência de revisão. Que tristeza os golpes à língua portuguesa que grassam neste livro.
Obrigada pela partilha Esofista. Seguirá nos próximos dias para a gordiana.

Journal Entry 13 by gordiana on Tuesday, May 15, 2007
Lido numa fase complicada...acho que não lhe dei o devido valor.

Volta hoje para a Isofista.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.