Revolta dos Anos

by Diva Pavesi | Other | This book has not been rated.
ISBN: 9782846682886 Global Overview for this book
Registered by nicolas_lopes of Maceió, Alagoas Brazil on 8/14/2019
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
This book is in the wild! This Book is Currently in the Wild!
1 journaler for this copy...
Journal Entry 1 by nicolas_lopes from Maceió, Alagoas Brazil on Wednesday, August 14, 2019
“Hendrika não podia gritar. Ele tapou a sua boca com força, impedindo-a de respirar. Com força brutal, o anjo revoltado e o monstro lutaram. Ela pedia, em pensamento, para morrer; ele, monstruosamente, a impedia de gritar e se defender.” Quarenta anos de silêncio se passaram: o tempo justo e perfeito para perdoar e, enfim, guardar preciosamente toda a revolta e o sofrimento numa das gavetas da escultura de “DALÍ”!

Dali, sairão somente as cinzas que restaram no anonimato durante quatro décadas. Elas não têm mais o perfume do terror, da dor, da angústia, do medo de ver a minha mãe morrer! Esse preço injusto, eu paguei muito caro, e, hoje, deixo o “silêncio” de ouro, transformar-se em palavras de “prata”, para, finalmente, me liberar do peso da inconsciência das almas penadas! Uma singela e simbólica homenagem ao perdão e aos perdoados. Vivo numa luta incessante ao combate da injustiça e da violência. Promovo aqui, com todo o amor que saiu das minhas entranhas, a tão almejada PAZ! Tenho um desejo profundo de que ela possa reinar entre nós e no Universo inteiro!

Journal Entry 2 by nicolas_lopes at IFAL - Campus Benedito Bentes in Maceió, Alagoas Brazil on Wednesday, August 14, 2019

Released 1 wk ago (8/14/2019 UTC) at IFAL - Campus Benedito Bentes in Maceió, Alagoas Brazil

WILD RELEASE NOTES:

“Hendrika não podia gritar. Ele tapou a sua boca com força, impedindo-a de respirar. Com força brutal, o anjo revoltado e o monstro lutaram. Ela pedia, em pensamento, para morrer; ele, monstruosamente, a impedia de gritar e se defender.” Quarenta anos de silêncio se passaram: o tempo justo e perfeito para perdoar e, enfim, guardar preciosamente toda a revolta e o sofrimento numa das gavetas da escultura de “DALÍ”!

Dali, sairão somente as cinzas que restaram no anonimato durante quatro décadas. Elas não têm mais o perfume do terror, da dor, da angústia, do medo de ver a minha mãe morrer! Esse preço injusto, eu paguei muito caro, e, hoje, deixo o “silêncio” de ouro, transformar-se em palavras de “prata”, para, finalmente, me liberar do peso da inconsciência das almas penadas! Uma singela e simbólica homenagem ao perdão e aos perdoados. Vivo numa luta incessante ao combate da injustiça e da violência. Promovo aqui, com todo o amor que saiu das minhas entranhas, a tão almejada PAZ! Tenho um desejo profundo de que ela possa reinar entre nós e no Universo inteiro!

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.