A febre das almas sensíveis

by Isabel Rio Novo | Literature & Fiction |
ISBN: Global Overview for this book
Registered by ichigochi of Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on 12/22/2018
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
12 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by ichigochi from Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Saturday, December 22, 2018
"Portugal, primeira metade do século XX. Entre os males que assolam um país isolado e retrógrado, a tuberculose ressalta como uma das principais causas de morte. Ainda sem recursos farmacológicos para combater a doença, os médicos recomendam aos infetados o internamento em sanatórios instalados em zonas de altitude. Na serra do Caramulo, outrora uma região pobre e agreste, cresce uma estância sofisticada que, no auge do seu funcionamento, chega a acolher milhares de doentes.
Entre o edifício do Grande Sanatório do passado - onde o drama do jovem Armando se cruza com o dos outros pacientes -, os escombros do presente, visitados por uma rapariga que coleciona histórias de escritores tuberculosos, e as páginas escritas pelo misterioso «R. N.», movem-se almas de todos os tempos: Eduardo, Natália, Carolina e Ernest, mas também Soares de Passos, Júlio Dinis, António Nobre e tantos outros atingidos pela febre das almas sensíveis.
Combinando o registo histórico e a toada fantástica que produziram a magia de Rio do Esquecimento, neste novo romance, finalista do Prémio LeYa, Isabel Rio Novo recupera a memória de uma doença esquecida, que marcou a sociedade de uma época e o nosso imaginário romântico."

Journal Entry 2 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Saturday, January 12, 2019
O livro de Janeiro! Chegou mas vai ficar "sucadito" à espera de fevereiro porque já o li, como sabes! de qualquer forma, obrigada até porque é um óptimo livro...acho que o resto dos 11 vai gostar!

Journal Entry 3 by Baiia at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, February 06, 2019
Já chegou! Obrigada!

Journal Entry 4 by Baiia at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, February 11, 2019
Achei este livro maravilhoso. Gostei da mistura do enredo com o drama da tuberculose que tanto matou neste país. Obrigada pela oportunidade. O livro seguirá para a próxima logo que seja oportuno.

Journal Entry 5 by Baiia at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Tuesday, February 26, 2019
Segue hoje para a Maria-Nunes.

Journal Entry 6 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, February 28, 2019
chegou!
obrigada.

Journal Entry 7 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, March 04, 2019
Li-o no fim de semana.
Gostei do tema deste livro; gostei de conhecer mais uma autora portuguesa.
Fiquei com vontade de ler "Rio do Esquecimento" :-)

Está reservado até ao fim do mês ;-)

Journal Entry 8 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, April 17, 2019
«As tragédias são sempre individuais. Cada uma é o mundo inteiro a sós. Não o ignoro, e, por isso, a minha história e a história do meu irmão Eduardo são tão interessantes como outras quaisquer.»

É este o mote para um livro em que as histórias de vida e morte de figuras da literatura portuguesa que conhecemos são postas lado a lado à história de gente comum que atravessou o século XX.

Gostei muito da forma de escrever desta autora portuguesa, de quem nunca tinha lido nada anteriormente. Ainda assim, tive pena que a autora não tivesse optado por escrever o livro todo na primeira pessoa. Não sei bem porquê, mas isso baralhou-me um pouco. A meio do livro já me tinha esquecido dos primeiros capítulos e, dessa forma, esquecera-me de quem era o narrador "fantasma" e só mais para o fim (e com a releitura dos capítulos iniciais) é que consegui juntar as peças do puzzle e lá desfiz o nó que eu próprio criara (quem sabe, por desatenção, não propriamente por desmérito da autora).

Estamos habituados a ver a tuberculose como uma doença "romântica" (não só em filmes, como por exemplo a loucura fantasista de Moulin Rouge de Baz Luhrmann, mas também em livros de forma como Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett), mas verdade seja dita que nunca tinha tido oportunidade de ler em livro a descrição de como a doença ataca(va) o corpo humano e o quão nefasta foi em Portugal, já em pleno século XX. Também foi algo "chocante" para mim descobrir (ou relembrar) que tantos autores portugueses (Eça de Queirós, Cesário Verde, António Nobre...) sofreram desta doença, tendo mesmo sucumbido devido a ela!

No ar, ficou o derradeiro "mistério" sobre quem seria a rapariga cujo interesse (mórbido?) pela tubercolse a leva a recolher histórias sobre a doença... Talvez seja a própria Isabel Rio Novo a inserir-se a si própria no livro que escreveu...?

Obrigado à ichigochi por ter posto este livro a circular e, assim, a dar-me a conhecer uma nova autora portuguesa que escreve mesmo muito bem!

Journal Entry 9 by MargaridaPires at Pias (Serpa), Beja Portugal on Sunday, May 19, 2019
Já está comigo :)

Journal Entry 10 by MargaridaPires at Pias (Serpa), Beja Portugal on Thursday, June 20, 2019
Foi uma leitura muito agradável e fluída.
E fiquei a conhecer mais uma autora portuguesa.

Seguiu ontem para o próximo leitor :D

Journal Entry 11 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Tuesday, June 25, 2019
Chegou hoje.
É o segundo livro da autora que me chega às mãos através da ichigochi. Gostei muito do primeiro. Imagino que vá gostar deste, também.
Vou tentar cumprir o prazo. A ver vamos.
Obrigado pela partilha.

Journal Entry 12 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Friday, July 12, 2019
Atrasado no prazo, devido a diversas circunstâncias, aqui estou.
Gostei bastante do livro. É o segundo que leio da autora e não desilude. Uma escrita bastante madura.
Não gostei tanto da parte em que a autora entrelaça o enredo com factos históricos da tuberculose em Portugal, nomeadamente, quando refere casos de escritores e outros intelectuais afectados pela doença.
A par com Marlene Ferraz, Isabel Rio Novo é das "revelações" mais interessantes dos últimos tempos, para mim (no que toca à literatura portuguesa, bem entendido).

Vai seguir ainda hoje para a xtorya. Peço desculpa pelo atraso.

Journal Entry 13 by xtorya at Santiago do Cacém, Setúbal Portugal on Wednesday, July 17, 2019
Chegou hoje, obrigada.

Journal Entry 14 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, August 10, 2019
Já tinha chegado há uns dias, mas só agora venho aqui dizer ;) Vou começar a lê-lo assim que terminar a minha leitura actual! Obrigada!

Journal Entry 15 by Pequete at Bragança, Bragança Portugal on Wednesday, August 28, 2019
Acabado de chegar, a ler em breve. Obrigada!

Journal Entry 16 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, September 21, 2019
Venho um pouco atrasada para fazer a JE a dar a minha opinião, mas aqui vai. :)

A verdade é que não gostei de todo deste livro. Pareceu-me exibicionista e mais uma "lista de compras" de pessoas que morreram com tuberculose do que uma verdadeira história. Senti que faltava desenvolvimento às personagens e que a autora se focou demasiado em demonstrar os seus conhecimentos históricos do que em realmente criar uma história convincente.

Digo mais: https://naomeapeteceestudar.blogspot.com/2019/09/a-febre-das-almas-sensiveis.html

De todos os modos, obrigada pela partilha! =D

Journal Entry 17 by irus at Bragança, Bragança Portugal on Tuesday, October 29, 2019
Este livro foi uma completa surpresa para mim, não só por nunca ter lido nada da autora, como por não ter sequer lido as JEs anteriores até agora, que acabei o livro.

Como frequentemente acontece, agora que as li, apetece-me fazer copy/paste da JE do Jota e ficava com a questão resolvida :)

Como ele, estranhei o facto - de que só me apercebi a meio do livro - do narrador ser alguém que faz parte da própria história. É caso para dizer: "não havia necessidade", não creio que isso acrescente algo à narrativa ou ao desenrolar dos acontecimentos.
Como o Jota também fiquei surpreendida pela quantidade de escritores que morreram de tísica e gostei que o livro nos desse a ver esse mundo, muito menos romântico do que nos é vendido na literatura e nos filmes.

Agora apenas um à parte, que nada tem a ver com este livro, e porque já reparei nisso algumas vezes e acho piada. Frequentemente, a ladylouve dá 10 estrelas a livros de que não gosta nada e pontuações baixas a livros cujos comentários são muito favoráveis :) Decide-te, m´lher, q'assim confundes as pessoas.

Journal Entry 18 by conto at Lisboa (city), Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, November 21, 2019

Já recebi este livro mais lá para o início do mês, mas a preguiça foi-se instalando, o tempo passando e só agora, que já quase o terminei, me decidi a vir finalmente cumprir as minhas obrigações. Oh bálha-me zeus! Daqui a nada já cá venho dar o veredicto, antes de o reencaminhar de regresso a casa.

Journal Entry 19 by conto at Lisboa (city), Lisboa (distrito) Portugal on Tuesday, November 26, 2019
ProntuS, estou como a irus: replique-se neste espaço a JE do Jota, por favor!
Gostei bastante desta leitura e não senti nada que fosse uma "lista de compras", como lhe clamou a lady. Pelo contrário, gostei bastante de como nos dá a conhecer tanto sobre esta doença sem enfadar, intercalando com uma história que lhe dá o mote e sempre a propósito desta.

Obrigada por mais esta oportunidade para conhecer um novo autor (uma, no caso) da nossa praça!

Regressa a casa, após este périplo ao longo de um ano pelos comparsas do desafio lançado pelo Arvores. O saldo é muito positivo e este livro é disso um bom exemplo.

Journal Entry 20 by ichigochi at Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Sunday, December 08, 2019
Já está de volta a casa.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.