A Sabedoria dos Mitos

by Luc Ferry | Philosophy |
ISBN: 9789896443023 Global Overview for this book
Registered by joaquimponte of Lisboa - Lumiar , Lisboa (cidade) Portugal on 12/11/2014
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
6 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by joaquimponte from Lisboa - Lumiar , Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, December 11, 2014
Habituàmo-nos a falar de mitologia grega como algo do passado, do âmbito de uma fé irracional, sem utilidade prática . O autor surpreende-nos ao sugerir como esta, afinal, abre perspectivas práticas e inesperadas para uma vida boa sem recorrer a ilusões do além. Uma forma prática de aprender a enfrentar a finitude humana, sem se basear apenas no consolo da fé proposto pelas grandes religiões monoteístas.

O que é aprender a viver bem? é a grande proposta ao homem ( hoje esquecida?) que este livro procura esclarecer recorrendo a um olhar diferente sobre as muitas lições dos mitos da Grécia antiga.

Conhece-te a ti mesmo como se diz no frontão do Partenon , tinha para os gregos antigos um sentido que é longe do conceito comum que dele temos e este livro mostra como é grande esse diferença. Outros exemplos citados atraem por sua beleza e por serem de prático proveito.

Lembro como a bela Helena de Troia , recem-casada com o rei Menelau, tudo larga por se apaixonar pelo jovem e belo Páris, facto que desncadeia a guerra de Tróia. E no entanto, nunca Menelau critica Helena ...porquè? porque Helena estaria identificada com o deus Eros, ou seja , Helena foi apenas ela própria, agindo de acordo com sua natureza. Nada mais é de esperar do Homem e da Mulher nesta vida no ideal grego... Um modo diferente de ver o sentido da vida.

Outras belas lições se podem aqui beber.Como a do Mito de Prometeu e Pandora,a da Viagem de Ulisses e suas lições para uma sabedoria de mortal ou a da guerra entre Jupiter e Tifeu, a ordem e o Caos e o modo a harmonia musical decide o desfecho.

A importancia das ideias de hybris vs dikè exemplificada em mitos como o de Asclépio ( que estara na base do conto de Frankenstein ) e a ideia de herói como Hércules, parecem úteis para o ideal humano, de que o mundo moderno muito carece.

Sobretudo, parece-me, esta ideia de que uma vida de mortal "plena", "arriscada" "verdadeira connosco" é preferivel à de qualquer dos imortais.
Um livro inspirador.

Journal Entry 2 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Friday, February 13, 2015
Eu adoro mitologia grega e este livro parece-me uma preciosidade... Só há um problema: não estou habituado a ler livros de não-ficção, pelo que não sei se irei ler este num ápice ou não. Pelo tema, creio que sim, mas peço desde já desculpa se demorar mais do que o habitual e aceitável.

Obrigado joaquimponte por ter lançado este livro numa viagem e à nossa disposição, para que o possamos apreciar!

Journal Entry 3 by joaquimponte at Lisboa - Lumiar , Lisboa (cidade) Portugal on Friday, February 20, 2015

Released 5 yrs ago (2/9/2015 UTC) at Lisboa - Lumiar , Lisboa (cidade) Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

Tendo iniciado a viagem em BRing, aproveito para referir aqui a lista de inscritos :


1- Jota-P
2- Árvores
3- Pequete
4-Irus
5- Dangerouswoman
6- cheee
................

Journal Entry 4 by Jota-P at Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, March 09, 2015
Adorei ler este livro!

Como disse no comentário anterior, não estou habituado a ler livros de não-ficção e, por isso, temia que este fosse um livro enfadonho. Não podia estar mais enganado: o estilo de Luc Ferry é bastante didáctico e apelativo, e o facto de ele ter sabido recolher informação em diversas fontes antigas, mas tornando-as acessíveis aos jovens (o público-alvo assumido deste livro), torna este livro muito interessante e fácil de ler.

Apaixonado como sou pela mitologia grega, não me custou nada ler estas 380 páginas de histórias míticas da Grécia Antiga que já conhecia (a cosmogonia de Heródoto, a Odisseia de Ulisses, os Doze Trabalhos de Héracles, Jasão e os Argonautas, Prometeu e Pandora), mas aqui, por baixo da sua capa metafórica, enquadradas pela própria concepção filosófica do mundo de Ferry, o que foi uma descoberta muito agradável.

Para Ferry, ao secularizar-se a mitologia grega, deu-se o surgimento da filosofia, a qual é, segundo este autor francês, uma espiritualidade laica, uma doutrina de salvação sem deus(es), que permite ao ser humano alcançar a vida boa.

Os seres humanos têm a consciência da sua finitude e é essa a razão por que criam as mitologias: para dar sentido ao universo que os rodeia e à vida que aí devem levar. No fundo, para encontrar o sentido da (sua) existência. Assim sendo, a filosofia serve como orientação para alcançar a vida boa, ou seja, permitir ao ser humano encontrar o seu justo lugar na ordem cósmica, a harmonizar-se e a ajustar-se ao mundo que o rodeia.

Considero que vale muito a pena ler este livro e, por isso, tenho de agradecer ao joaquimponte por tê-lo lançado nesta viagem pelo mundo! Muito obrigado! A Sabedoria dos Mitos segue amanhã para o próximo leitor: o Arvores!

Journal Entry 5 by wingArvoreswing at Viana do Castelo, Viana do Castelo Portugal on Wednesday, March 18, 2015
Sinto que vou aprender muito com este livro. Talvez tenha de o saborear devagar. Se estiver a abusar, apitem, que eu acordo :-)

Obrigado pela partilha.

Journal Entry 6 by wingArvoreswing at Porto Santo (ilha), Madeira Portugal on Tuesday, September 22, 2015
Gostei muito da companhia deste livro. Está muito bem escrito, na medida em que o autor nos aproxima dos personagens e dele próprio. A linguagem é bastante acessível para que possamos compreender a grande teia que é esse mundo das divindades e da mitologia gregas.
Infelizmente, tive de fazer um longo intervalo na leitura por causa da mudança de casa e acabei por "perder o fio à meada". Apesar de não se tratar de um romance, creio que teria absorvido melhor todo o potencial deste livro, se não fosse a tal interrupção. Baralhei-me um pouco na identificação dos diversos deuses e suas responsabilidades no Olimpo, mas creio que eles não me levarão a mal :-)

A boa vida é percebermos o nosso lugar no mundo e aceitá-lo. Gostei muito desta perspectiva da nossa história individual, aliás, bem próxima do "surrender" de algumas filosofias orientais.

Fiquei com vontade de comprar um exemplar para as minhas filhas lerem mais tarde, mas por vezes descubro que as minhas vontades não coincidem com as delas :-) Felizmente, acrescento. Também fiquei com curiosidade em ler outro livro do mesmo autor: "Aprender a viver". Mas tenho muitas leituras para fazer. Além disso, sou muito mais lírico do que o autor e creio que entraria em rota de colisão com algumas das suas perspectivas :-) Ou talvez não. Logo se vê.

Vai seguir para a Pequete, logo que receba luz verde.
Muito obrigado pela partilha.


Journal Entry 7 by Pequete at Bragança, Bragança Portugal on Friday, October 02, 2015
Já está comigo! Ando um bocado dispersa por vários outros livros, mas prometo pegar-lhe logo que possa, para não atrasar o ring.

Journal Entry 8 by Pequete at Bragança, Bragança Portugal on Monday, December 07, 2015
Gostei mesmo muito deste livro! Um verdadeiro guia através da mitologia grega (e um pouco de filosofia, mais para o final) pela mão de quem conhece a fundo os textos antigos e nos leva consigo através dos mitos que, afinal fazem parte da nossa história colectiva, mesmo quando não temos consciência disso. Decidi comprar um exemplar para mim, porque gostei tanto, e porque tem partes que gostava de voltar a ler, e porque acho importante tê-lo disponível para as minhas Pequetinhas (a quem já fui lendo algumas coisas, por aqui e por ali).
Muito obrigada, joaquimponte, por esta partilha!
Passei-o hoje à irus, o Hermes não estava disponível, mas arranjei um mensageiro não menos especial.

Journal Entry 9 by irus at Bragança, Bragança Portugal on Tuesday, December 08, 2015
Ontem ia deitar-me quando vi o livro no lugar da almofada; só pode ter ido lá parar por ardis de deuses manhosos.
Como ainda tenho outro à cabeceira, este terá de esperar, não pelas calendas gregas, mas pelo menos pelo novo ano que se aproxima a passos largos.


Journal Entry 10 by irus at Bragança, Bragança Portugal on Friday, March 18, 2016
Para não destoar, também eu gostei muito deste livro, apesar de o ter lido aos "bochechos".
Gostei de saber, com mais pormenor, da criação dos cosmos, de conhecer todas as histórias da mitologia grega e, sobretudo, de compreender de como tantas expressões que usamos no dia a dia são, afinal, originárias da mitologia.
É certo que o autor se repete muitas vezes, chamando-nos à atenção de coisas que já tínhamos lido anteriormente, mas sendo para um público juvenil é natural que o faça.

Já agora às crias dos leitores anteriores aconselho a leitura da saga Percy Jackson, de Rick Riordan. Apesar da tradução portuguesa ser mais do sofrível, é uma excelente introdução ao universos dos deuses e semideuses, escrito em jeito de aventura, com uma linguagem e cenários contemporâneos. Perseu é aqui Percy, filho de Poseídon e de uma humana, que aprende sobre as suas origens numa escola de verão, frequentada por outros semi-deuses. Claro que o diretor da escola não podia ser outro que não Quíron, o centauro responsável pela educação de muitos heróis gregos. Foi esta saga a responsável por agora poder falar de todas estas histórias com a minha descendência, que devoraram os livros e sabem melhor do que eu quem é Hefesto, Hermes, Dédalo e muitos outros.

Mais uma vez, joaquimponte, obrigada pela oportunidade de ler o livro. Como sabes, aguardo resposta das inscritas seguintes para que o livro possa seguir viagem.

Journal Entry 11 by irus at Bragança, Bragança Portugal on Thursday, March 31, 2016
Recebi morada da Dangerouswoman. Livro vai hoje para o correio

Journal Entry 12 by Dangerouswoman at Matosinhos, Porto Portugal on Friday, April 15, 2016
Já está na " Terra do nunca " , invicta.

Journal Entry 13 by Dangerouswoman at Matosinhos, Porto Portugal on Thursday, December 13, 2018
Sei que me tenho esquecido mas o livro está intacto (sem danos) e pronto para seguir para o seu legitimo dono.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.