Demência

by Célia Correia Loureiro | Literature & Fiction |
ISBN: 9789898455253 Global Overview for this book
Registered by vcrazygirl of Almeirim, Santarém Portugal on 8/21/2013
Buy from one of these Booksellers:
Amazon.com | Amazon UK | Amazon CA | Amazon DE | Amazon FR | Amazon IT | Bol.com
7 journalers for this copy...
Journal Entry 1 by vcrazygirl from Almeirim, Santarém Portugal on Wednesday, August 21, 2013
"No seio de uma aldeia beirã, Olímpia Vieira começa a sofrer os sintomas de uma demência que ameaça levar-lhe a memória aos poucos. A única pessoa que lhe ocorre chamar para assisti-la é a sua nora viúva, Letícia. Mas Letícia, que se faz acompanhar das duas filhas, tem um passado de sobrevivência que a levou a cometer um crime do qual apenas a justiça a absolveu.
Perante a censura dos aldeões, outrora seus vizinhos e amigos, e a confusão mental da sogra, Letícia tenta refazer-se de tudo o que perdeu e dos erros que foi obrigada a cometer por amor às filhas. O passado é evocado quando Sebastião, amigo de infância de Olímpia, surge para ampará-la e Gabriel, protagonista da vida paralela que Letícia gostaria de ter vivido, dá um passo à frente e assume o seu papel de padrinho e protector daquelas três figuras solitárias…"

Journal Entry 2 by vcrazygirl at Almeirim, Santarém Portugal on Wednesday, August 21, 2013

Released 5 yrs ago (7/21/2013 UTC) at Almeirim, Santarém Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

As seguintes regras são para ser cumpridas:
1 - Devem fazer uma JE mal recebam o livro
2 - É dado como indicador o prazo de 1 mês para terem o livro em vosso poder, caso precisem de mais tempo, por favor avisem-me.
3 - Na primeira página do livro, na página onde está o BCID, assinem com o vosso nome. Acho giro ter o livro assinado pelas pessoas por onde ele passou :)
4 - Contactem o próximo da lista quando estiverem a terminar a leitura. Se não lhe der jeito recebê-lo nessa altura, avisem-me e contactem o seguinte.
5 - Devem fazer uma JE quando enviarem o livro para o próximo da lista e se quiserem nessa JE podem escrever a vossa opinião do livro.


LISTA:
LiaCorreia
wiccaa
Maria-Nunes
ichigochi
ladylouve
Janeka
marialeitora <-- Aqui

... de volta à dona vcrazygirl

Journal Entry 3 by LiaCorreia at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, August 28, 2013
Um livro extraordinariamente humano e tocante. Um livro cheio de emoções, sentimentos, realidades, e comportamentos humanos.
Um livro que recomendo qualquer português (mas não só) a ler.
Este livro fez-me chorar, rir, dizer palavrões e querer abraçar aquela mulher mal amada e incompreendida e albergar as crianças inocentes e doces que a acompanhavam. Apaixonei-me por elas.

A história é um retrato fiel da realidade portuguesa numa aldeia, mesmo nos dias que correm. Há muitas "Letícias" espalhadas por aí, muitos "Gabrieis", muitas "Olímpias" e muitos "Fernandos". Um descrever de situações actuais e para as quais é urgente chamar ainda mais a atenção: a violência doméstica (aqui retratada de marido para mulher, mas que acontece também no oposto); o abandono do interior do país; a ajuda que as pessoas idosas e sozinhas precisam cada vez mais com o proliferar da doença de Alzheimer; o fecho de escolas precárias por toda a parte.
Penso que a autora fez um trabalho fiel à imagem que queria transmitir na história da aldeia pequena, população empobrecida de mentalidade, e destes novos "miúdos" (a geração de Letícia) mais ariscos, com ideias novas, mas que também erram nas escolhas que fazem e têm as mesmas crises de adolescência que os outros miúdos todos.
Gostei imenso da construcção das personagens. Aliás, foi do que mais gostei no livro, a par do trabalho muito bem feito em alternar acontecimentos e datas, completamente distintos, e que se percebem muito bem no desenrolar da história.
Contudo, o que me fez dar 4 estrelas, prende-se com a escrita da autora. Não gostei da repetição exagerada de certas expressões como "entreolhar", que passadas poucas páginas comecei a ver como demasiado recorrente e acabou por irritar um pouquinho a leitura. Algumas frases não me fizeram muito sentido ao longo do livro, o que me obrigava a voltar atrás e relê-las para perceber o contexto e o significado delas. E, mais para o final, algumas vezes aparecia "casado" em vez de "casaco", o que denota que este livro era merecedor de uma revisão mais cuidada.
O fim achei um pouco apressado, mas nada que me incomodasse muito.
Mas, de resto, a escrita fluída e tipicamente portuguesa faz com que seja um livro agradável de ler e que prende o leitor para continuar a saber mais e mais da história e do que levou todas as personagens aquele lugar e acontecimento.

E vai seguir hoje para a wiccaa =)

Journal Entry 4 by wiccaa at Aveiro, Aveiro Portugal on Thursday, September 05, 2013
mal posso esperar :)

Journal Entry 5 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Tuesday, October 15, 2013
Cheguei hoje regressada de férias e cá estava este livro à minha espera :-)
Já o comecei a ler (na hora de almoço) e confesso que me custou ter de para de ler...

Journal Entry 6 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, October 21, 2013
Gostei muitissimo de ler este livro: gostei da(s) história(s) destas personagens e das situações abordadas.
Quase que me parece impossível um livro assim ter sido escrito por alguém com 20/22 anos.
Fiquei com muita vontade de ler "O Funeral da Nossa Mãe"

Muito obrigada pela partilha, vcrazygirl, e pelo envio, wiccaa.

Segue amanhã para a ichigochi.

Journal Entry 7 by ichigochi at Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Thursday, October 24, 2013
Chegou hoje, obrigada.
Vou lê-lo já de seguida... :)

Journal Entry 8 by ichigochi at Vila Nova de Gaia, Porto Portugal on Wednesday, November 06, 2013
Eu sei que este livro foi escrito pela autora entre os 19 e os 21 anos, o que lhe dá um mérito indiscutível, e compreendo que a leitura seja considerada interessante - pela história que conta, pelo retrato de uma aldeia portuguesa, pelos temas sempre actuais da violência doméstica, da doença de Alzheimer e do encerramento de escolas num interior cada vez mais envelhecido - mas tenho de avaliar o livro em si, sem ser condescendente com a idade da autora e sem favorecer a obra pelo que queria contar sem valorizar a forma como o faz. Dito isto, em consciência, não consigo dar mais de 6 estrelas a este livro, ou seja, "gostei" de ler, mas não "gostei muito" nem "achei fantástico".

Por um lado é pena que o livro não tenha sido alvo de uma boa revisão. Aliás, tendo sido publicado por uma editora a sério (ou estou enganada em relação à Alfarroba?) espanta-me que não esteja numa forma mais perfeita.
Não estou a falar de gralhas, não me lembro de ter encontrado muitas (lembro-me de um "Sebastião" trocado por "Bartolomeu" e de um "adivinha" em vez de "advinha"). Refiro-me principalmente a vocabulário mal utilizado, a inconsistências no enredo e a coisas que não poderiam acontecer se a história fosse real, que é como eu acho que a autora pretendia que fosse lida.

Vou só dar alguns exemplos de falhas que encontrei: (Atenção! SPOILERS a partir daqui!)
-aparece várias vezes a palavra "incredibilidade" quando se queria dizer "incredulidade";
-é utilizada a palavra "desmanche" em vez de "desmancho", como termo popular para aborto;
-na primeira aula de Letícia é mencionado que há 3 meninos e 3 meninas mas depois vão sendo referidos mais do que 3 nomes de meninos (Maurício, Dinis, Igor, João Filipe e Luís Filipe);
-Porque é que as crianças têm de almoçar na escola se umas só têm aulas de manhã (1º e 2º anos) e outras só de tarde (3º e 4º)?
-Maria está no primeiro ano, a aprender as primeiras letras, não pode dar "imensos erros", como o professor diz à mãe, porque ainda deve estar a treinar a caligrafia de cada letra;
-há um capítulo em que Olímpia vai dar um passeio sozinha, volta cansada e vai dormir, mais tarde está à mesa a jantar com todos e é referido que voltou revigorada do passeio, mas no final do jantar diz-se que ela ainda não acordou;
-na casa de Gabriel, primeiro há um sofá castanho, depois há um preto e outro branco;
-A Segunda Guerra Mundial não terminou a 21 de Dezembro de 1945 mas sim no verão desse ano, na sequência do lançamento das bombas atómicas...
-a contratação da Letícia como professora não poderia acontecer assim;
-um escritor português não pode ganhar o Pulitzer, que é só atribuído a autores americanos.

Por outro lado, mesmo que todos estes problemas tivessem sido identificados e corrigidos, não sei se conseguiria "gostar muito" da leitura deste livro. É que, para além destas falhas mais "formais", há um problema na escrita propriamente dita, que precisava de algum trabalho para ficar mais fluída e mais límpida, que nos fizesse realmente viver a história sem estar constantemente a tropeçar no texto. Dei por mim a reler várias frases para perceber o que se pretendia dizer ou a quem se referiam e, por vezes, a reconstruí-las mentalmente antes de prosseguir.
Há partes particularmente confusas: a parte em que Letícia conhece Gabriel e Fernando, e os dias que passam em Lisboa; a parte em que se descreve a sala de aula, a "mesma" de Letícia (presumo que no sentido figurado, porque não se entende do que está escrito); a parte final, do incêndio, que achei bastante apressada e com uma sequência de acontecimentos algo confusa (por exemplo: Pilar manda o filho para casa com o recado de avisar o pai que Letícia e as meninas estão em casa do Gabriel; os autores do incêndio vão bater a casa do Pedro e encontram o filho já sozinho; entretanto Pilar leva as meninas para casa, enquanto o marido e os criminosos devem estar a fazer o caminho inverso, mas ninguém se encontra?!?)...

Dito isto, devo acrescentar que o livro também tem partes muito boas e acho que a autora tem mesmo talento, pelo que espero sinceramente que não deixe de trabalhar e de tentar progredir, para que os futuros livros tenham o "acabamento" que merecem. Se a oportunidade surgir, não deixarei de ler outros livros seus, na esperança de testemunhar esse progresso que lhe desejo.

Obrigada pela partilha. :)
O livro vai seguir para a Ladylouve nos próximos dias.

Journal Entry 9 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Tuesday, November 12, 2013
Conforme previsto, chegou hoje.

Mas ehlah, não estava à espera que fosse tão grande!

Vou lê-lo assim que possível, obrigada pela partilha.

Journal Entry 10 by ladylouve at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, December 02, 2013

Released 5 yrs ago (12/6/2013 UTC) at Lisboa - Benfica, Lisboa (cidade) Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

Gostei bastante, um livro muito interessante apesar de imperfeito - como referido anteriormente. O meu comentário, mais completo: http://naomeapeteceestudar.blogspot.pt/2013/12/demencia.html

Segue para a frente (e mais uma vez, peço desculpa por ter perturbado o livro, foi sem querer ;_____; )

Journal Entry 11 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Tuesday, December 10, 2013
Chegou! Obrigada

Journal Entry 12 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Sunday, December 22, 2013
Lamento mas não consegui lê-lo...


Reenviado para casa!

Journal Entry 13 by vcrazygirl at Almeirim, Santarém Portugal on Friday, January 10, 2014
Regressou :D

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.