corner corner O Sonho Dum Homem Ridículo

Medium

O Sonho Dum Homem Ridículo
by Fydor Dostoevsky | Literature & Fiction
Registered by Maggie1984 on Wednesday, July 22, 2009
Average 7 star rating by BookCrossing Members 

status (set by marciajuraci): to be read


15 journalers for this copy...

Journal Entry 1 by Maggie1984 on Wednesday, July 22, 2009

This book has not been rated.

Descreve a experiência de um homem determinado a suicidar-se, por considerar que nada na vida lhe interessa e que tudo e todos lhe são indiferentes. 


Journal Entry 2 by Maggie1984 at Box do JotaP, -- Por correio / mão própria -- Portugal on Friday, October 09, 2009

This book has not been rated.

Released 5 yrs ago (10/9/2009 UTC) at Box do JotaP, -- Por correio / mão própria -- Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

CONTROLLED RELEASE NOTES:

Seguiu hoje para o kizmiaz, que o escolheu na BookBox do Jota-P. Desculpa-me pela demora.
Espero que gostes. 


Journal Entry 3 by kizmiaz from Belém , Lisboa (cidade) Portugal on Monday, October 12, 2009

This book has not been rated.

Cá chegou e vai ficar à espera da sua vez.
"Fiódor Mikhailovich Dostoiévski (Moscovo, 11 de Novembro de 1821 — São Petersburgo, 9 de Fevereiro de 1881) foi um escritor russo, considerado um dos maiores romancistas da literatura russa e um dos mais inovadores artistas de todos os tempos." 


Journal Entry 4 by kizmiaz from Belém , Lisboa (cidade) Portugal on Sunday, October 18, 2009

8 out of 10

Os dois contos incluídos neste livro O Sonho Dum Homem Ridículo e O Ladrão Honesto são mais um exemplo de mestria na escrita deste autor.
O primeiro conto reflecte sobre a natureza humana e a sua compulsiva necessidade de destruição do próximo é uma espécie de manifesto pacifista, mas escrito em 1877 (quase um século antes de aparecerem os primeiros hippies). A personagem ridícula e as suas atitudes funcionam como um espelho, ampliando as recorrentes falhas da sociedade humana. A intemporalidade do assunto e do sonho do personagem principal e a sua relação com o mundo em que vivemos diariamente são mais uma prova, se tal fosse necessário, do génio de Dostoiévski. Não é todos os dia que lemos um conto com mais de um século e sentimos que poderia ter sido escrito hoje.
O segundo conto é mais típico dos contos do autor, personagens conturbadas por emoções que não conseguem justificar e um subtil retrato de uma São Petersburgo onde grassa a pobreza, o desemprego e o vício.
Recomendo a leitura. 


Journal Entry 5 by kizmiaz from Belém , Lisboa (cidade) Portugal on Friday, October 23, 2009

This book has not been rated.

Vai ser BookRay.
Regras:
- Creio que um mês será tempo que chegue para ler o livro, se virem que não conseguem avisem-me para que possa informar o próximo da lista, é apenas uma questão de cortesia;
- Façam JE quando receberem e quando enviarem o livro, desta forma todos saberemos por onde ele anda, não se esqueçam de fazer o comentário sobre o que acharam do livro;
- O último participante pode fazer o que quiser com o livro, inclusivé dar-lhe asas para que prossiga a sua viagem.


Partcipantes:

- zuzaa>
- jambocaribe2
- Portunhola
- joeandrade
- tartaruguinha
- marialeitora
- Maria-Nunes
- Mraianita
- fungaga
- JaneMary
- folha-de-outono
- Moonwolf
- Isabela2009
- Pipmts
- marciajuraci
Livro livre 


Journal Entry 6 by kizmiaz at Fellow Bookcrosser, A Bookray -- Controlled Releases on Sunday, November 08, 2009

This book has not been rated.

Released 5 yrs ago (11/9/2009 UTC) at Fellow Bookcrosser, A Bookray -- Controlled Releases

CONTROLLED RELEASE NOTES:

CONTROLLED RELEASE NOTES:

Espero que gostem desta pequena jóia. 


Journal Entry 7 by zuzaa from São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, November 12, 2009

This book has not been rated.

Já chegou! É tão pequeno! Quando acabar "A Viagem do Elefante" passo logo para este... =) 


Journal Entry 8 by zuzaa from São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, December 21, 2009

8 out of 10

Um livro bastante pequeno mesmo, que nos põe a pensar naquelas questões filosóficas que nos surgem naquele momento que ainda não estamos a dormir mas que também já não estamos acordados. Afinal porque é que vivemos com tantas preocupações? (no primeiro conto) Já o segundo conto, achei menos interessante, mas ainda assim gostei de o ler.

Foi uma leitura interessante, o primeiro que li deste autor. Talvez não os tenha interpretado da forma como deveria, talvez não tenha percebido todos os aspectos que o autor queria tocar. Mas o que me ficou do livro já foi muito bom.

Obrigada pela partilha kimiaz!
Seguiu hoje para o próximo da lista! 


Journal Entry 9 by jambocaribe2 from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Sunday, March 14, 2010

This book has not been rated.

Apareceu finalmente!!! seguirá em breve. Obrigado pela partilha 


Journal Entry 10 by jambocaribe2 from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Sunday, March 21, 2010

This book has not been rated.

Li hoje os dois contos do livro. Gostei muito. Dostoiévski é um dos meus autores favoritos e este livro não foge à regra. Gostei particularmente do primeiro conto, que de alguma forma nos diz que a humanidade se formou do "pecado original" mas é este que lhe permite a "redenção". Não há afirmação sem o seu negativo, como diz Hegel. Encontra-se neste livro, bem como em todos os livros do mesmo autor, um reflexo das questões filosóficas que atravessam o século XIX e fundam o século XX. Segue para o próximo da lista, asim que tiver a morada. Obrigado pela partilha. 


Journal Entry 11 by jambocaribe2 from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, March 31, 2010

This book has not been rated.

Enviado hoje para a Portunhola. Boas leituras e obrigado pela partilha 


Journal Entry 12 by Portunhola on Thursday, April 01, 2010

This book has not been rated.

E já chegou. Tentarei ser breve, como é costume.
Obrigada pela partilha e pelo envio. 


Journal Entry 13 by Portunhola on Monday, April 05, 2010

8 out of 10

Não tinha lido nada deste autor, mas sempre achei que seria uma leitura interessante. Gostei dos dois contos e como conseguem fazer-nos pensar sobre a natureza humana: o sentido da vida.

Obrigada pela leitura e pela partilha.

Mandei PM para joeeandrade, estou a espera de noticias.
Obrig 


Journal Entry 14 by joeeandrade from Guarda, Guarda Portugal on Wednesday, April 14, 2010

This book has not been rated.

Já está comigo.
Agradeço a partilha.
A ler em breve. 


Journal Entry 15 by joeeandrade at Guarda, Guarda Portugal on Monday, September 27, 2010

This book has not been rated.

Peço desculpa pelo meu atraso.
Prometo despachar-me o mais rápido possível. 


Journal Entry 16 by joeeandrade at Guarda, Guarda Portugal on Thursday, September 30, 2010

This book has not been rated.

Released 4 yrs ago (9/30/2010 UTC) at Guarda, Guarda Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

Uma leitura muito agradável.
Agradeço a partilha.
Peço desculpa pela demora.
Segue para a tartaruguinha logo que tenha a morada. 


Journal Entry 17 by tartaruguinha at Porto - City, Porto Portugal on Friday, October 08, 2010

This book has not been rated.

O livrinho chegou hoje.
Depois dou notícias. 


Journal Entry 18 by tartaruguinha at Porto - City, Porto Portugal on Monday, October 25, 2010

8 out of 10

Mais um Dostoiéviski saboreado em poucas horas, pese embora tenha levado vinte e tal dias para pegar nele. Desculpem.
Não há dúvida que adoro ler este senhor.
Obrigada kizmiaz.
Já enviei PM à marialeitora.
 


Journal Entry 19 by marialeitora at Constanta, Dobrogea Romania on Tuesday, November 02, 2010

This book has not been rated.

e já chegou! lê-se num instante, não é? 


Journal Entry 20 by marialeitora at Vila Real, Vila Real Portugal on Tuesday, February 01, 2011

This book has not been rated.

Sou um homem ridículo. Agora chamam-me doido, mas não é nada disso; não subi de graduação e sou sempre o mesmo homem ridículo que outrora era. Mas já não me zango, presentemente. Agora todos os homens são para mim agradáveis, mesmo quando zombam de mim: é até nessas ocasiões que me são mais agradáveis. Riria de bom grado com eles, não precisamente a meu respeito mas por lhes ter amizade, se me não sentisse tão triste ao olhá-los. E sinto-me triste porque eles ignoram a verdade, ao passo que eu a conheço. Oh! como é penoso ser o único a conhecer a verdade! E dizer eu que eles jamais a conhecerão! Não poderiam compreendê-la…

Um livro intemporal...uma grande obra apesar de pequeno...
já seguiu para a MariaNunes e peço imensa desculpa pelo atraso. estava completamente esquecido ali no meio de uma estante cheia... :( 


Journal Entry 21 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, February 03, 2011

This book has not been rated.

chegou aqui agora mesmo:-)
Tentarei ser breve.
Obrigada pela partilha e pelo envio.  


Journal Entry 22 by Maria-Nunes at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, February 05, 2011

9 out of 10

mais dois deliciosos contos de Dostoievski :-)
adorei!
assim que tiver a morada da próxima pessoa da lista, irei enviar o livro (já enviei PM para Mraianita)
atendendo a que Mraianita não respondeu, enviei PM à pessoa seguinte da lista, a pedir morada (9/2/2011)
em 13/2/2010: PiPmts pediu para passar à frente, porque neste momento não pode receber o livro. pedi morada a fungaga 


Journal Entry 23 by fungaga at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Sunday, February 27, 2011

This book has not been rated.

Já chegou! Muito obrigada, Maria-Nunes! 


Journal Entry 24 by fungaga at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, March 23, 2011

This book has not been rated.

Como sempre, uma leitura fácil mas inquietante. Não fiquei particularmente presa a estes contos, mas os escritores russos valem (quase) sempre a pena. Vai seguir viagem. 


Journal Entry 25 by fungaga at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, March 30, 2011

This book has not been rated.

Seguiu ontem para a JaneMary. 


Journal Entry 26 by JaneMary at Torres Vedras, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, April 06, 2011

This book has not been rated.

Já chegou :)
Espero ser breve.
Obrigada 


Journal Entry 27 by JaneMary at Torres Vedras, Lisboa (distrito) Portugal on Sunday, July 10, 2011

This book has not been rated.

Peço descolpa por ter retido o livro durante tanto tempo. Na verdade, nem tive tempo de o ler, e nem vou ter tão cedo. Mas depois, se possivel solicito o empréstimo. de momento é totalmente impossivel.
Já enviei PM à folha-de-Outono. 


Journal Entry 28 by JaneMary at Torres Vedras, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, September 29, 2011

This book has not been rated.

Finalmente. Peço novamente, desculpa pela demora, mas tem me sido completamente impossivel resolver certas coisas. Hoje o livro começou de novo a sua viagem até à folha-de-outono.

Obrigada pela compreensão. 


Journal Entry 29 by folha-de-outono at Amadora, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, October 05, 2011

This book has not been rated.

Já chegou.
Prometo ser breve, até porque o livro é pequeno.

Obrigada, JaneMary e kizmiaz. 


Journal Entry 30 by folha-de-outono at Amadora, Lisboa (distrito) Portugal on Tuesday, October 25, 2011

This book has not been rated.

Afinal, dei-me conta que já o tinha lido... Mas como é sempre agradável ler Dostoievsky, aproveitei para uma releitura. :)

Obrigada ao kizmiaz pela partilha!

Face à ausência de resposta do(a) Moonwolf, o livro foi enviado para a Isabela2009. Seguiu ontem (dia 24 de outubro).

Boas leituras! 


Journal Entry 31 by Isabela2009 at Gondomar, Porto Portugal on Thursday, November 10, 2011

6 out of 10

Olá,

Obrigada pela partilha, demorei em começar mas depois li numa tarde. Vem de encontro à habitual escrita obscura de Dostoiévski!

Segue para o próximo da lista. 


Journal Entry 32 by PiPmts at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Tuesday, November 22, 2011

This book has not been rated.

Chegou!
Tal como um livrinho desta colecção que também tive por aí a passear, este também parece ter sido mal tratado na sua viagem (são muito finos e a lombada dobra-se). :(
Espero não demorar, obrigada a todos pela partilha. 


Journal Entry 33 by PiPmts at Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, November 25, 2011

7 out of 10

O conto Sonho de Um Homem Ridículo acompanha a criação de um crente na espécie humana. O homem ridículo desistir de tudo e tem até o revólver pronto e carregado em cima da mesa. Quer enfiar uma bala na têmpora direita nessa mesma noite quando inesperadamente se deixa adormecer e tem um sonho revelador.
O Ladrão Honesto desenvolve-se em torno de personagens humildes mas com grande profundidade emocional e conta a história dum bom ladrão numa São Petersburgo em decadência.

Enviei PM à marciajuraci e o livrinho segue para ela assim que receber a morada. Mais uma vez, obrigada pela partilha. 


Journal Entry 34 by marciajuraci at São José dos Pinhais, Paraná Brazil on Monday, December 26, 2011

This book has not been rated.

Olá, PiPmts,
Olá, Kizmiaz,
O livro de Dostoiévski já está em mãos...Obrigada pela partilha de mais essa leitura!
Desejo a vocês um FELIZ 2012! 




Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.