corner corner A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & Outras Estórias

Medium

A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & Outras Estórias
by Tim Burton | Poetry
Registered by Melrita of Figueira da Foz, Coimbra Portugal on Monday, February 18, 2008
Average 7 star rating by BookCrossing Members 

status (set by JaneMary): available


11 journalers for this copy...

Journal Entry 1 by Melrita from Figueira da Foz, Coimbra Portugal on Monday, February 18, 2008

This book has not been rated.

Sinopse
Depois do sucesso no cinema, o realizador Tim Burton apresenta-nos A Morte Melancólica do Rapaz Ostra, que reúne 23 histórias para miúdos e graúdos, em que as personagens são heróis especiais, sem super- -poderes, meros sobreviventes num mundo sem amor. Construídas com um humor sinistro, estas histórias são profusamente ilustradas por belíssimas gravuras que retratam de forma exempla

Críticas de imprensa
«[são] 23 poemas ilustrados [pelo próprio Burton] sobre rapazes e raparigas inadaptados, seres muitas vezes bizarros nas formas dos seus corpos ou nos seus comportamentos que Tim Burton toma por protagonistas [com espantosa tradução de Margarida Vale Gato].
São histórias macabras de pequenos proscritos pela sociedade das gentes normais, mas que não abdicam de uma demanda pelo amor e por um lugar num mundo, afinal cruel. Histórias trágicas, sombrias, temperadas com humor negro.»
NG, Diário de Notícias, 6ª


Lista
01. Ligiafteixeira
02. irusdodot
03. Jota-P
04. peskita
05. fungaga
06. Moonwoolf
07. aonja
08. Chibia
09. FallenAngels
10. folha-de-outono
11. Jane Mary

ESTE LIVRO NÃO TEM RETORNO. A ÚLTIMA PESSOA DA LISTA FICA COM O LIVRO E FAZ COMO QUISER COM ELE, ATÉ PODENDO DAR CONTINUIDADE AO BOOKRAY, SE O DESEJAR. 


Journal Entry 2 by Ligiafteixeira from Mira, Coimbra Portugal on Wednesday, March 05, 2008

This book has not been rated.

Já está comigo, querida Melrita!
Adoro o universo cinematográfico do Tim Burton e já tinha tido este livrito debaixo de olho. Muito obrigada por esta excelente partilha! 


Journal Entry 3 by Ligiafteixeira from Mira, Coimbra Portugal on Monday, March 17, 2008

9 out of 10

Abençoada a decisão de pegar neste livrinho hoje à tarde, quando me estiquei um pouco na cama para aliviar as costas... que delícia! Adorei mesmo!
Li-o de uma penada e fiquei com vontade de mais, que pena acabar tão depressa!
Acho que esteticamente o livro é belíssimo, a tradução está fantástica e realmente leva-nos ao universo surreal e macabro do Tim Burton deixando-nos a sorrir... bem, acho que o facto de querer mais, diz tudo, não é?
Obrigada, querida Melrita, pela partilha deste delicioso livrinho... foi o ponto alto do meu dia! Acho que vai ser uma das minhas próximas aquisições...
Já mandei PM à irusdodot e aguardo confirmação para o poder enviar

25.03.2008 -> seguiu hoje para a irusdodot 


Journal Entry 4 by irus from Bragança, Bragança Portugal on Saturday, March 29, 2008

This book has not been rated.

Chegou! Obrigada Melrita e ligiafteixeira 


Journal Entry 5 by irus from Bragança, Bragança Portugal on Thursday, April 03, 2008

7 out of 10

Que livro delicioso. Sou fã do Tim Burton e do seu universo peculiar e gostei muito do humor negro destas pequeninas histórias/poemas, acompanhadas por ilustrações muito engraçadas.

Um excerto dos meus preferidos:

A Rapariga com Muitos Olhos
.. "É óptimo namorar
alguém que tanto nos olha,
mas se desata a chorar
apanhamos uma molha"

Só tenho uma dúvida: será que o casal Burton/Bonham Carter lê estas histórias ao filhos, antes de adormecer?

Segue hoje ou amanhã para Jota-P

 


Journal Entry 6 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Tuesday, April 08, 2008

This book has not been rated.

Chegou hoje mesmo. Estou tão ansioso por ler este livro que até tenho medo que as expectativas acabem frustradas. Como não parece ser de leitura difícil, espero dar notícias brevemente. Obrigado irusdodot pelo envio. 


Journal Entry 7 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Saturday, April 12, 2008

7 out of 10

Li-o de uma assentada, claro! Escusado será dizer que gostei bastante (conhecendo já uma grande parte do trabalho cinematográfico de Tim Burton, sou aquilo a que se pode chamar um seguidor atento do realizador). É incrível como Tim Burton consegue criar estas histórias (e não estórias como vem na capa do livro) de inadaptados que no fundo não têm culpa nenhuma de o ser. Pior mesmo só o facto de serem a maior parte das vezes rejeitados pelos próprios pais e, no fim, por todos os que os rodeiam. Nenhuma das histórias termina com um final feliz. Não há qualquer tipo de redenção e acho que é isso mesmo que diferencia o Tim Burton de todos os outros. Trata os assuntos da morte e da dor tão prosaicamente como outro qualquer autor/realizador trataria o tema do amor. É a inversão quase total dos valores que estamos acostumados a aceitar como garantidos. Aqui não há amor, há o contrário do amor, há "desamor"... Nem os pais amam os seus filhos (num dos contos, chega-se mesmo ao absurdo máximo que é o próprio pai comer o filho para se curar de um problema de impotência), desajustados do mundo sem culpa alguma ("O Rapaz Robô", "A Morte Melancólica do Rapaz Ostra", "O Rapaz Múmia", "O Bebé Âncora") nem os inadaptados amam quem os ama a eles ("A Rapariga Lixo") ou, se os amam, é um amor impossível ("Palitinho e Fosforina Apaixonados", "A Rapariga Vodu"). E há os que são simplesmente inadaptados e vivem (e/ou morrem) sozinhos e tristes ("O Rapaz Nódoa", "A Rapariga que se Transformou numa Cama", "Roy, o Rapaz Pesticida", "A Rainha das Almofadas de Alfinetes", "Cabeça de Melancia", "Crispim, o Hediondo Rapaz Pinguim", "O Rapaz Torresmo"). Estranho é igualmente o facto de algumas histórias serem ambientadas na época do Natal, precisamente aquela em que supostamente estamos mais sensíveis aos actos de caridade e amor.

Nota especial também para as ilustrações que ajudam a complementar os poemas (ou será que são os poemas que complementam as ilustrações?).

Aqui ficam as duas quadras que gostei mais (bela metáfora da verdadeira impossibilidade de amar):

«A Rapariga Vodu

É feita de retalhos,
tem pele de algodão
e muitos alfinetes coloridos
saídos do coração
(...)
Mas sabe que não pode vencer
a sua terrível maldição,
pois se alguém se aproxima dela
perfura-lhe o coração.»


Muito obrigado Melrita por teres disponibilizado este livro a todos nós! Seguirá o mais depressa possível para a próxima pessoa da lista que o possa receber. 


Journal Entry 8 by Jota-P from Sacavém, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, April 14, 2008

This book has not been rated.

Seguiu hoje para o peskita. Mais uma vez obrigado, Melrita. Até breve! 


Journal Entry 9 by peskita on Friday, April 18, 2008

This book has not been rated.

já chegou ;)) estou bastante curioso em relação a este livro, pois também gosto muito de Tim Burton.
vou tentar ser breve..

obrigado ;))
 


Journal Entry 10 by peskita on Tuesday, April 29, 2008

This book has not been rated.

já está, fantástico ;)) li e reli porque dá memso vontade de o fazer.
Adoro o humor negro e fantástico de Tim Burton, ele consegue com uma escrita muito simples fazer com que se entre num mundo macabro mas ao mesmo tempo delicioso.
Adorei mesmo ;))
obrigado por partilharem ;))
vai seguir viagem em breve ;)) 


Journal Entry 11 by fungaga from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Monday, May 12, 2008

This book has not been rated.

Já chegou, obrigada Peskita! 


Journal Entry 12 by fungaga from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, May 16, 2008

This book has not been rated.

Passei-o descaradamente à frente da milha pilha TBR e li-o duas vezes de seguida, à ida e à vinda para a escolinha, no metro. Confesso que passei o tempo a desejar uma edição biligue. Adorei o livro e a tradução mas gostava mesmo de ir lendo também no original. Gosto do Tim Burton, mas não tenho visto os últimos filmes dele (não é por nada, não vejo nenhuns...) e foi muito bom ler este livrinho. Concordo com o Jota-P e com o facto de tudo no imaginário do Tim Burton ser irreal mas ao mesmo tempo natural, sem precisar de explicações nem redenções. Acho também que ele é mestre em dar ternura a personagens "freaks".

Muito obrigada, Melrita, por esta oportunidade. 


Journal Entry 13 by Moonwoolf from Azambuja, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, June 12, 2008

5 out of 10

Muito obrigada pela partilha deste livro maravilhoso. Estou muito desejosa para o ler. :)

03 Agosto 2008 = Hoje finalmente li o livro. Interessante, mas penso que a tradução não tenha sido a melhor, perdendo um pouco a graça e o que o autor quiz dizer por vezes entre-linhas... Mas gostei bastante. Muito obrigada. A ilustração sempre no melhor. 


Journal Entry 14 by Moonwoolf at lisboa, -- Por correio / mão própria -- Portugal on Tuesday, August 05, 2008

This book has not been rated.

Released 6 yrs ago (8/5/2008 UTC) at lisboa, -- Por correio / mão própria -- Portugal

CONTROLLED RELEASE NOTES:

CONTROLLED RELEASE NOTES:

A caminho de casa de aonja. Boas leituras 


Journal Entry 15 by aonja from Vila Nova da Barquinha, Santarém Portugal on Sunday, August 10, 2008

10 out of 10

Este livro é o máximo. Mesmo ao estilo de Tim Burton. Faz-nos lembrar as suas incursões cinematográficas, Vincent, O estranho mundo de Jack, A noiva cadáver (o meu favorito) e tantos outros.
Gostei mesmo dos desenhos. As ilustrações têm muito a ver com os pequenos poemas/histórias.
Uma incursão num mundo alternativo, estranho, onde as bonecas têm muitos olhos, os meninos nascem robots ou conchas, e têm pregos nos olhos.
O meu irmão que é fã do Tim Burton leu-o num instante... e ele destesta ler. Gostou tanto dele que mo pediu para os anos.
Obrigada por esta oportunidade. No entanto por ir de férias vou demorar a enviá-lo. Talvez só o possa meter no correio na primeira semana de setembro.
Peço desculpa por isso. 


Journal Entry 16 by aonja from Vila Nova da Barquinha, Santarém Portugal on Tuesday, September 23, 2008

This book has not been rated.

Depois de muito demorado na minha prateleira foi finalmente enviado à Chibia hoje.
Peço desculpa pela demora.

Boa viagem! 


Journal Entry 17 by Chibia from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Saturday, September 27, 2008

This book has not been rated.

Chegou esta semana! 


Journal Entry 18 by Chibia from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Wednesday, November 19, 2008

7 out of 10

Desculpem-me por reter por tanto tempo um livro tao rapido de ler, mas so me apercebi que era tao rapido quando lhe peguei esta semana... =x
Gostei muito dos contos, sao mesmo 'a la tim', naquele tom morbido ingenuo que lhe e caracteristico. Vale a pena!
Obrigada Melrita pela partilha*

(Ah! E as ilustrações são muito boas também! ) 


Journal Entry 19 by FallenAngels from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, December 31, 2008

This book has not been rated.

Um livro delicioso, que dá vontade de ler e reler e reler...nunca acabar. A tradução é excelente, as gravuras lindas e bastante ilustrativas e os poemas uma delícia! Apesar de não ser fã do estilo cinematográfico de Tim Burton, este livro vai para sempre ficar na alma. Afinal retrata um pouco de todos nós, não é? Obrigada pela partilha!! 


Journal Entry 20 by FallenAngels from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, February 02, 2009

This book has not been rated.

Seguiu para folha-de-outono ... Obrigada!! 


Journal Entry 21 by Melrita from Figueira da Foz, Coimbra Portugal on Thursday, June 04, 2009

This book has not been rated.

De volta à estante. Obrigada a tod@s por o terem cuidado bem e pelos vossos comentários. 


Journal Entry 22 by JaneMary from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, April 08, 2010

This book has not been rated.

Muito obrigado pelo empréstimo Melrita :)
Adoro Tim Burton.
Vou tentar ser breve... 


Journal Entry 23 by JaneMary at Torres Vedras, Lisboa (distrito) Portugal on Sunday, September 05, 2010

7 out of 10

Sou suspeita, porque sinceramente, adoro o Tim Burton.
Uma mente genial, um livro genial. Para além de ser diferente de todos os que li até hoje, os poemas transmitem bem aquilo que é suposto transmitir. Adorei "A Rapariga Lixo"; "Palitinho e Fosforina Apaixonados"; "A morte do Rapaz Ostra"; entre outros...
Obrgada Melrita.
Este livro está disponivel para empréstimo. 




Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.