corner corner Vates - A. G. B.

Medium

Vates - A. G. B.
by Ana Margarida Oliveira | History
Registered by Betita on 6/24/2006
Average 7 star rating by BookCrossing Members 

status (set by Betita): permanent collection


13 journalers for this copy...

Journal Entry 1 by Betita on Saturday, June 24, 2006

This book has not been rated.

Em 1608, zarpa de Goa uma armada com 3 naus, capitaneada pelo Comandante Manuel Correia da Cunha. Entre os viajantes, destaca-se uma família de nobres, os Tello Mayor, a qual regressa ao reino após 30 anos de Índia. Antes de partir de Goa, D. Jorge é contactado para ir ao Colégio dos Jesuítas, onde recebe uma caixa misteriosa com uma inscrição embutida a ouro com as siglas A. G. B.. O homem que lha entrega diz a D. Jorge que ele tem o futuro de Portugal nas mãos. Dentro da caixa estão as proféticas Trovas do Bandarra. Estas trovas vaticinam acontecimentos futuros para Portugal e para o Mundo.
Desde o início que existe uma forte atracção entre Isabel, filha de D. Jorge, e o Comandante que tentam descobrir o conteúdo da caixa. Foram vários os envenenamentos dentro da nau, na tentativa de recuperar as referidas Trovas. Mais tarde, Isabel e o comandante recuperam-nas e escondem-nas em 3 figuras de marfim. Já perto da baía de Angra, a nau naufraga e Isabel consegue salvar-se. Em terra, sozinha, grávida do Comandante, esconde as três figuras em 3 sítios diferentes.

Entretanto, cruzando com a narrativa anterior, no século XXI… Em Lisboa, Teresa, jornalista de uma revista especialista em artigos de investigação, almoça com um antigo amigo e apaixonam-se um pelo outro. Ele, engenheiro civil, desloca-se à Terceira em trabalho. No Faial, conhece um mergulhador da equipa do único submarino português que faz investigação subaquática na baía de Angra, onde estão naufragadas cerca de 80 naus, muitas delas na viagem de torno da Carreira das Índias. Antes de partir para a Terceira para se juntar a Luís, Teresa começa uma investigação sobre Fernando Pessoa e esta leva-a rapidamente a Bandarra, poeta e profeta de Trancoso. Mais tarde, Luís e Teresa, sem querer, são apanhados numa teia estranha que surge à volta da própria investigação. Sabem que na ilha existe um coleccionador de figuras de marfim indo-europeu que acompanhavam os viajantes das naus para os protegerem de todos os perigos. Resolvem visitá-lo e descobrem que ele tem uma das figuras-gémeas da que se encontra no museu de Angra...

Este livro vai ter no início o mapa da Carreira das Índias e a seguir como Introdução, a reportagem "Às Portas da Atlântida", que saiu na Única, Revista integrante do J. Expresso, a 15/10/05. A Arqueóloga Catarina Garcia, referida nesta reportagem, é a responsável pelo prefácio desta obra. Os registos históricos relatam centenas de naufrágios, 80 dos quais na baía de Angra do Heroísmo. A bordo do submarino «Lula» faz-se agora o seu estudo. 


Journal Entry 2 by Betita on Monday, June 26, 2006

This book has not been rated.

Gostei bastante! Tem 2 romances mesmo!!!
Agora que já o li seguidinho, talvez em breve o leia separando os romances ;-)

No Sec. XVII
Descreve de uma forma fantástica as viagens das Naus Portuguesas, meses e meses no mar, com condições quase nulas de subsistencia. A comida apesar de ser muita acabava por apodrecer depois de alguns meses no alto mar, as doenças tomavam conta de tudo, eram epidemias atrás de epidemias... mas só lendo dá para perceber como eram essas travessias.

Na actualidade
Fiquei a conhecer o "mundo" da arqueologia em termos subaquáticos, isso sim foi uma maravilha!

Obrigado Melrita por este presente maravilhoso!

Fernando Pessoa, sobre o Bandarra

Sonhava, anónimo e disperso,
O Império por Deus mesmo visto,
Confuso como o Universo
E plebeu como Jesus Cristo.
Não foi nem santo nem herói,
Mas Deus sagrou com Seu sinal
Este, cujo coração foi
Não português, mas Portugal.
 


Journal Entry 3 by Betita on Thursday, May 29, 2008

This book has not been rated.

**** Bookring ****

Regras:

Assim que receberem o livro, devem fazer uma JE para que seja possível "ver" onde ele está.

Não dou um prazo especifico para o lerem... apenos peço para terem em atenção que há outras pessoas á espera, no caso de terem muitos para ler peçam para serem passados á frente

No final da leitura, façam mais uma JE com a opinião, referindo a quem vão mandá-lo!

Espero que gostem...

1 - Tanea31

2 - piolha

3 - marialeitora

4 - aropereira

5 - fbeatriz

6 - vibarao

7 - Homem-do-Leme

8 - fungaga

9 - Fern2005

10- FallenAngels

11- EvaLunaSylva

12- libelinhar 


Journal Entry 4 by Tanea31 from Almada, Setúbal Portugal on Saturday, May 31, 2008

This book has not been rated.

Chegou. Muito obrigada, vou tentar ser breve :) 


Journal Entry 5 by Tanea31 from Almada, Setúbal Portugal on Monday, July 07, 2008

7 out of 10

Este livro é bastante agradável e le-se muito bem mesmo. Do romance do sec XVII acho realmente impressionante a descrição das condições em que as viagens nas Naus da Carreira da India decorriam... incrivel como aquelas pessoas conseguiam sobreviver.

No fim fiquei com vontade de mais uns capitulos. Acho que ainda havia mais algumas coisas por dizer....

Vou contactar a proxima menina da lista :)

Obrigada Betita pela partilha
 


Journal Entry 6 by piolha on Saturday, August 16, 2008

This book has not been rated.

Mais um livrinho recebido das mãos da Tanea31 durante as minhas férias na Costa...quase tive um ataque quando vi o tamanho do livro! Mas espero que seja de leitura facíl! 


Journal Entry 7 by piolha on Wednesday, September 10, 2008

This book has not been rated.

Adorei!!! Apesar de ser um livro volumuso lê-se muito bem. Gostei muito das 2 histórias e fiquei a conhecer mais um pouco da vida das naus naquele tempo...realmente como conseguiam sobreviver nessas condições?

Obrigada Betita pela partilha...

Aguardo pm de Marialeitora... 


Journal Entry 8 by marialeitora from Vila Real, Vila Real Portugal on Friday, September 19, 2008

This book has not been rated.

já cá está! Obrigada piolha e Betita... 


Journal Entry 9 by marialeitora from Vila Real, Vila Real Portugal on Sunday, September 21, 2008

This book has not been rated.

dois em um...?!
soube-me a pouco... 


Journal Entry 10 by aropereira from Funchal, Madeira Portugal on Friday, September 26, 2008

This book has not been rated.

Já recebi.
Obrigado Betita e marialeitora. 


Journal Entry 11 by UFK-537438 on Monday, November 10, 2008

This book has not been rated.

Já chegou!
Obrigado, obrigado! 


Journal Entry 12 by UFK-537438 on Saturday, November 15, 2008

This book has not been rated.

Adorei! Muuiittoo bom o livro! Só gostava que o final tivesse sido mais desenvolvido.
Agora por brincadeira, será que o "encoberto" é o Obama? Hehehe! Não posso dizer mais, que não sou a última da lista!
Obrigado amiga! 


Journal Entry 13 by vibarao from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, November 21, 2008

This book has not been rated.

Acabadinho de chegar. Não o vou ler já, mas espero não ultrapassar o mês da praxe. Obrigado pela partilha. 


Journal Entry 14 by vibarao from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Friday, December 26, 2008

7 out of 10

Gostei especialmente da sequência paralela das duas histórias: a que é passada no século XVII e a que é passada no século XXI. Afinal, a história repete-se...
Achei um livro bem construído e que conjuga bem as trovas do Bandarra, com o mito do Encoberto e do Quinto Império. Parece-me que a autora deixou a porta aberta a uma possível continuação. Será que vamos ter uma trilogia? Ou teremos de esperar até 2030?!...

2009/01/06: Enviado a fungaga. 


Journal Entry 15 by fungaga from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, January 08, 2009

This book has not been rated.

Já chegou! Sou a última do ring, e sou capaz de demorar um bocado. Betita, se achares que abuso, é só dizeres. Obrigada, vibarao, pelo envio. 


Journal Entry 16 by fungaga from Lisboa - City, Lisboa (cidade) Portugal on Thursday, January 29, 2009

This book has not been rated.

Quando comecei o livro, achei a forma de escrever da autora um pouco estranha. Parecia-me uma bocado uma versão dos livros "Uma aventura" para grandes. Depois fui-me habituando e deixei as duas histórias prenderem-me. Este livro tem duas coisas de que gosto muito, história dos descobrimentos e os Açores. Só por isso, fico contente de o ter lido. Gostei do final, por ser misterioso e inconclusivo. O balanço é muito positivo. Obrigada, Betita, pela oportunidade. 


Journal Entry 17 by Fern2005 from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Friday, February 06, 2009

This book has not been rated.

Recebido hoje por correio!
Confesso que estou um pouco reticente... já sabes como eu tenho a mania de que não gosto de romances históricos! Mas tb sabes que é só mania. ;)
Vai para a pilha tbr onde espero não demore mto tempo.

Obrigada pela oportunidade Betita linda!
E obrigada tb à fungagá pelo envio.
 


Journal Entry 18 by PRCarvalho from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, February 19, 2009

6 out of 10

Podem mandar os foguetes estou mesmo a fazer uma JE.
Uauuu tenho de ir ao médico.
Mas como as reclamações são muitas aqui segue a minha opinião:
Gostei.
 


Journal Entry 19 by FallenAngels from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Friday, April 24, 2009

This book has not been rated.

Entregue em mão pela Fern2005. Obrigada!! 


Journal Entry 20 by FallenAngels from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Monday, May 25, 2009

This book has not been rated.

Um livro bastante interessante, confesso com a trama passada no séc. XVII me prendeu muito mais. Excelentes as descrições da difícil vida a bordo das naus que faziam a carreira da Índia, especialmente quando do caminho de regresso, apinhadas de carga, ultrapassando claramente o máximo que uma nau deveria transportar, e todas as frágeis condições de salubridade...Excelente a forma como Ana Margarida Oliveira faz as pssagens de um capítulo para outro, ou seja, de um século para outro. Não quero ser 'spoiller', mas aceito sugestões por PM de quem será a misteriosa personagem do último capítulo, eu tenho uma teoria.
Obrigada pela partilha! 


Journal Entry 21 by FallenAngels from Parede, Lisboa (distrito) Portugal on Wednesday, May 27, 2009

This book has not been rated.

Seguiu por correio para EvaLunaSylva...Obrigada!!! 


Journal Entry 22 by EvaLunaSylva from Ribeira Brava, Madeira Portugal on Wednesday, June 10, 2009

This book has not been rated.

Chegou ontem são e salvo!
Obrigada às duas :-) 


Journal Entry 23 by EvaLunaSylva from Ribeira Brava, Madeira Portugal on Tuesday, July 07, 2009

9 out of 10

A-do-rei!
Prendeu-me desde o princípio, deixando-me sempre expectante em relação às revelações que vão sendo descobertas ao longo da história.
Também apreciei a forma majestosa como a autora entrelaça as duas histórias, apesar dos séculos que as separam.
Soube-me a pouco… principalmente o final deixou-me água na boca.
Será que teremos uma continuação ou a intenção é ficar em aberto e fazer-nos queimar alguns neurónios para descobrirmos a terceira revelação?
Bem, teremos de esperar para saber a resposta….
Muito obrigada pela partilha Betita.
Segue ainda esta semana para a Libelinhar. 


Journal Entry 24 by EvaLunaSylva from Ribeira Brava, Madeira Portugal on Wednesday, July 08, 2009

This book has not been rated.

Seguiu hoje viagem :-) 


Journal Entry 25 by Libelinhar from São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Thursday, July 16, 2009

This book has not been rated.

Já chegou!
Obrigada Betita e EvaLunaSylva. 


Journal Entry 26 by Libelinhar at São Domingos de Rana, Lisboa (distrito) Portugal on Sunday, June 20, 2010

9 out of 10

Adorei!Achei o livro muito interessante, especialmente a descrição da viagem na nau. Gostei também do modo como a autora faz a passagem entre as duas histórias.
Obrigada Betita pela oportunidade e desculpa o tempo que fiquei com o livro.

Regressa a casa assim que tiver a morada da Betita.
 


Journal Entry 27 by Betita at Cebolais de Cima, Castelo Branco Portugal on Sunday, June 27, 2010

This book has not been rated.

Já está de regresso :P
Bem haja pelo excelente tratamento que lhe deram 


Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.