corner corner Leituras de janeiro, a melhor forma de começar o ano

Forum | << Portuguese - Português | Refresh | Search

corner corner

Sort Options Toggle Stats Options


Profile Image

Leituras de janeiro, a melhor forma de começar o ano

Eu costumo aproveitar a tranquilidade de 1 de janeiro para passar a tarde a ler, embora ontem o bocadinho que sobrou tivesse sido menor do que esperava.
Mesmo assim acho comecei o ano em grande, com 2 belos livros:

Manual para mulheres de limpeza, Lucia Berlin: livro de pequenos contos muito recomendado e recomendável

Utopia for realists, Rutger Bregman: embora vá ainda nas primeiras páginas, parece-me um livro otimista, que começa por dizer que (mesmo com todas as falhas e problemas) estamos muito melhor do que alguma vez humanidade sonhou; aliás que vivemos agora aquilo que na Idade Média era considerado uma utopia.
Saber que o livro suscitou tanta curiosidade tanto entre os de casa como entre as visitas que já tem 3 ou 4 leitores em lista de espera parece-me outra boa forma de começar o ano.

E vocês, têm em mãos leituras novas, velhas ou estão ainda em ressaca do reveilhão?

Complete Thread

Profile Image
Eu costumo aproveitar a tranquilidade de 1 de janeiro para passar a tarde a ler, embora ontem o bocadinho que sobrou tivesse sido menor do que esperava.
Mesmo assim acho comecei o ano em grande, com 2 belos livros:

Manual para mulheres de limpeza, Lucia Berlin: livro de pequenos contos muito recomendado e recomendável

Utopia for realists, Rutger Bregman: embora vá ainda nas primeiras páginas, parece-me um livro otimista, que começa por dizer que (mesmo com todas as falhas e problemas) estamos muito melhor do que alguma vez humanidade sonhou; aliás que vivemos agora aquilo que na Idade Média era considerado uma utopia.
Saber que o livro suscitou tanta curiosidade tanto entre os de casa como entre as visitas que já tem 3 ou 4 leitores em lista de espera parece-me outra boa forma de começar o ano.

E vocês, têm em mãos leituras novas, velhas ou estão ainda em ressaca do reveilhão?
Profile Image
Já estou com mais de 2/3 lidos. O texto em espanhol me obriga a algumas idas ao Diccionario Esencial Santillana e as festas de Natal e Ano Novo não me deram muito tempo para a leitura.
A trama é boa, melhor seria se eu entendesse um pouco de xadrez, uma partida é ponto central da narração.
Profile Image
Por várias razões, achei que uma novela gráfica seria a melhor forma de começar o ano. Entre elas, tenho andado com alguma dificuldade em concentrar-me em textos mais longos/complicados e por outro lado, decidi dedicar mais tempo aos desenhos este ano, e este livro está a servir-me de inspiração.
Profile Image
Se esse não tiver já com destino reservado, gostava de o ler quando acabares.
Profile Image
Se esse não tiver já com destino reservado, gostava de o ler quando acabares.

Não, não tem. Vou só ver se a M., que ficou de olho nele, o quer ler, e talvez o L., que também apanhei a espreitar-me por cima do ombro algumas vezes. Mas não é coisa para demorar muito, depois pode seguir para o outro lado do vale.
Profile Image
Se esse não tiver já com destino reservado, gostava de o ler quando acabares.

Não, não tem. Vou só ver se a M., que ficou de olho nele, o quer ler, e talvez o L., que também apanhei a espreitar-me por cima do ombro algumas vezes. Mas não é coisa para demorar muito, depois pode seguir para o outro lado do vale.


Não há pressa nenhuma, a questão era se já teria destino imediato para lá de trajosmontes. É provável que a minha M. o queira ler também.
Profile Image
Por várias razões, achei que uma novela gráfica seria a melhor forma de começar o ano. Entre elas, tenho andado com alguma dificuldade em concentrar-me em textos mais longos/complicados e por outro lado, decidi dedicar mais tempo aos desenhos este ano, e este livro está a servir-me de inspiração.



não sei se viste o filme... vale a pena!
https://www.youtube.com/watch?...
Profile Image
Continuo a precisar muito de leituras humorísticas, e Sedaris é muito simplesmente um génio do género. Este seu conjunto de narrativas não é, como os que tinha lido até agora, daqueles de me pôr a rir à gargalhada nos transportes; são antes vários nacos autobiográficos da infância e da juventude protagonizados pela sua família disfuncional. É impressionante o número de humoristas que os pais disfuncionais geram.
Profile Image
Precisamente porque tinha um livro empatado a meio gás no último dia do ano e só o terminei hoje, o "Cloud Atlas", um livro chatíssimo e parvíssimo.

Agora vou começar um longo poema publicado pela minha vizinha do segundo andar, cujo nome me falha de momento e de seguida vou passar para BD, com Neil Gaiman (Dias da Meia Noite) e o Kick-Ass :)
Profile Image
Hallo liebe Community,

ich bin der Tom aus Düsseldorf, bin mit Foren noch nicht so vertraut, bitte entschuldigt, falls ich mich hier falsch vorstelle. Bin gerade über Google auf dieses Forum gestoßen. Ich interessiere mich sehr für eure Themen und werden erst einmal in Zukunft im Stillen etwas lesen. Um euch besser kennenzulernen, möchte ich gerne mehr über euch erfahren. Was macht ihr so? Geht ihr in den Urlaub. Ich werde vermutlich dieses Jahr nach Teneriffa in den Urlaub fahren. Habe mal etwas recherchiert und würde gerne eure Meinung dazu wissen.

Was haltet ihr von diesen Suchergebnissen. Hört sich doch sehr vielversprechend an.

Liebe Grüße aus Düsseldorf
Tom

https://www.google.de/search?...

http://www.google.de/search?...

[Url=http://www.google.de/search?q=teneriffa+gute+restaurants]Gute Restaurants[/Url]

[URL=http://www.google.de/search?q=teneriffa+baden+gehen]Baden gehen[/URL]

<a href=”http://www.google.de/search?q=teneriffa+pyramiden“>Pyramiden in Teneriffa</a>

[url=http://www.google.de/search?q=teneriffa+schwarzer+strand]Schwarzer Strand Teneriffa[/url]

[url]http://www.google.de/search?q=teneriffa+vulkan[/url]

[link=http://www.google.de/search?q=teneriffa+essen+gehen]Essen gehen in Teneriffa[/link]

[url='http://www.google.de/search?q=teneriffa+wetter']Wetter in Teneriffa[/url]

[url="http://www.google.de/search?q=teneriffa+party"]Party auf Teneriffa[/url]

[Url=https://www.google.de/search?q=teneriffa+gute+restaurants]Gute Restaurants[/Url]

[URL=https://www.google.de/search?q=teneriffa+baden+gehen]Baden gehen[/URL]

<a href=“https://www.google.de/search?q=teneriffa+pyramiden“>Pyramiden in Teneriffa</a>

[url=https://www.google.de/search?q=teneriffa+schwarzer+strand]Schwarzer Strand Teneriffa[/url]

[url]https://www.google.de/search?q=teneriffa+vulkan[/url]

[link=https://www.google.de/search?q=teneriffa+essen+gehen]Essen gehen in Teneriffa[/link]

[url='https://www.google.de/search?q=teneriffa+wetter']Wetter in Teneriffa[/url]

[url="https://www.google.de/search?q=teneriffa+party"]Party auf Teneriffa[/url]

Profile Image
o ultimo ALA e o Ouro e cinzas do Paulo Varela Gomes...

ambos recomendáveis!
Profile Image
dizem que é um clássico mas eu ainda agora comecei por isso não tenho comentários ainda.
Profile Image

Expiação

de Ian McEwan

Quanto mais leio livros deste autor (a minha actual TBR tem muitos) mais me convenço que é mais um desses "profissionais" que nem toma o cuidado de rever o realismo do seu texto. Uma pena, porque gostava muito dele quando era mais pikena.
Profile Image
de Ian McEwan

Quanto mais leio livros deste autor (a minha actual TBR tem muitos) mais me convenço que é mais um desses "profissionais" que nem toma o cuidado de rever o realismo do seu texto. Uma pena, porque gostava muito dele quando era mais pikena.


Esse foi o primeiro livro que li dele, e adorei. Os seguintes é que me deixaram a impressão de que falas. Desse gostei mesmo muito. É daqueles em que me recuso a ver o filme, para não estragar a recordação que me ficou.
Profile Image
Eu penso que os livros perdem a sua magia à medida que vamos experimentando mais, no caso deste autor. Porque, na verdade, são todos muito parecidos e, vendo a coisa com mais calma, têm todos mais ou menos os mesmos "erros de soberba", coisa que inventei agora.

Vou agora a meio, quando terminar logo explorarei este assunto em mais detalhe no meu comentário bloguístico... Apesar de tudo, tem-me dado que pensar, não tanto em termos narrativos mas mais em termos técnicos. :)
Profile Image
Li "A Idade do Ferro", um livro excelente de J. M Coetzee. Impressionou-me imenso!

Li também o 33º volume da antologia poética "Viola Delta", que é absurda.

Agora leio "O Segredo de Joe Gould", de Joseph Mitchell :)
Profile Image
Um ring da marialeitora que já tenho cá em casa há mais tempo que eu sei lá, mas por motivos vários, só lhe pude pegar agora - desde já as minhas desculpas aos seguintes da lista. Depois de "O Homem Soviético", seria de pensar que não teriam ficado muito mais atrocidades por contar, vindas deste lado do mundo, mas a natureza humana não deixa de nos surpreender (no pior, mas também no melhor, é importante que se diga!)
Escusado será dizer que estou a gostar muito, mas quando terminar, a ver se pego numa coisa menos negra, porque já são dois seguidos nesta linha... (a Pequetinha mais velha está agora a devorar o Persepolis - Yay! A BD quebrou o feitiço da teenager que não gosta de ler! A seguir mostro-lhe o filme - obrigada pelo link, maria, não conhecia)
Profile Image

Hoje

Terminei o Gould e li um estranho livro sobre os Monumentos de Leiria escrito à moda dos anos 20. Adormeci várias vezes a meio, mas o livro é engraçado fisicamente :)

Agora estou a ler "Obra ao Negro" de Marguerite Yourcenar. Este é um livro que tenho quase a certeza absoluta de ter lido na minha remota infanto-juventude mas, evidentemente, já não me lembro de nada. Portanto, decidi voltar a ele. Até agora, uma leitura fascinante!
Profile Image
Terminei o Gould e li um estranho livro sobre os Monumentos de Leiria escrito à moda dos anos 20. Adormeci várias vezes a meio, mas o livro é engraçado fisicamente :)

Agora estou a ler "Obra ao Negro" de Marguerite Yourcenar. Este é um livro que tenho quase a certeza absoluta de ter lido na minha remota infanto-juventude mas, evidentemente, já não me lembro de nada. Portanto, decidi voltar a ele. Até agora, uma leitura fascinante!



ah! um dos meus "livros da vida"... :) A Obra ao Negro é tão, tão bom!
Profile Image

RE: Hoje

Terminei o Gould...


E o que achaste do Gould? Fui cuscar ao teu blog mas ainda não tens lá nada. Estou curiosa...
Profile Image
Terminei o Gould...


E o que achaste do Gould? Fui cuscar ao teu blog mas ainda não tens lá nada. Estou curiosa...

Ainda não escrevi, que ainda não tive tempo ;)

O Gould tem uma história curiosa e é sobre uma pessoa curiosa, mas fora isso não tem assim um interesse tão imenso. Aliás, achei até que a forma de escrever era um pouco aborrecida e que o autor se envolve em demasiados detalhes inúteis em algumas ocasiões. Mas lê-se bem rápido, portanto não se perde nada :)
Profile Image

RE: Hoje



Agora estou a ler "Obra ao Negro" de Marguerite Yourcenar. Este é um livro que tenho quase a certeza absoluta de ter lido na minha remota infanto-juventude mas, evidentemente, já não me lembro de nada. Portanto, decidi voltar a ele. Até agora, uma leitura fascinante!


É um livro assombroso!
Profile Image
e um início de ano de molho, as leituras não progrediram. Vou lentamente avançando com "In the shadow of the Banyan", um livro bem escrito sobre o genocídio no Cambodja associado ao poder de Pol Pot.

Entretanto, ontem li um mini-livro muito engraçado "Finnish nightmares 2", sobre o modo de ser dos finlandeses. Confirma-se que tenho alma finlandesa (como se houvesse dúvidas) :-)
Profile Image
Este livro está a ser uma descoberta impressionante. Incómodo e, por vezes,perturbador fala-nos do silêncio e do(s) seu(s) poderes. Uma viagem em busca dos prazeres e dos poderes do silêncio que nos deixa desconcertados e com vontade de imitar a autora. O poder do silêncio é enorme. E o nosso mundo é cada vez menos silencioso.
Se quiserem ler as primeira páginas: http://pdf.leya.com/---/o_livro_do_silencio_bmuc.pdf

Aconselho-o vivamente! Estou a gostar muito!
Profile Image
Fiquei tentado! :-) Adoro o silêncio (mais uma coisa da minha alma finlandesa)
Profile Image
Fiquei tentado! :-) Adoro o silêncio (mais uma coisa da minha alma finlandesa)


Esta manhã, depois de acordar com tudo branco e a ver a neve a cair, fui dar um passeio. No silêncio, dei-me conta do ruído das pingas a cair dos ramos, da neve que derretia lentamente. É realmente maravilhoso ter oportunidade de nos apercebermos desses pequenos sons que quebram o silêncio.
Profile Image
Fiquei tentado! :-) Adoro o silêncio (mais uma coisa da minha alma finlandesa)


Esta manhã, depois de acordar com tudo branco e a ver a neve a cair, fui dar um passeio. No silêncio, dei-me conta do ruído das pingas a cair dos ramos, da neve que derretia lentamente. É realmente maravilhoso ter oportunidade de nos apercebermos desses pequenos sons que quebram o silêncio.



é... e também adoro. A autora do livro, que referi, fala também do lado sombrio do silêncio que pode, até, levar à loucura. Fico fascinada com o que ela conta... e assustada também.
Profile Image
E não consigo exprimir até que ponto me me comoveu, me intrigou e me divertiu, em partes iguais. Ele descreve, nas suas pequenas narrativas, todos e cada um dos membros da sua família destrambelhada - alguns deles também famosos, como a irmã Amy. Descreve-se também a si, sem dó nem piedade, sempre com um humor delirante, mas ao mesmo tempo tremendamente melancólico. Nem o companheiro escapa. Nem as reacções deles ao facto de ele os aproveitar na escrita. Nem a sua profunda melancolia e impaciência de gay que não cabe em nenhum estereótipo de gay , sejam os criados pelo mundo hetero, sejam os criados pelo universo homossexual.
Dele passei directamente para Quando Perdes Tudo Não Tens Pressa de Ir a Lado Nenhum, de Dulce Garcia. A Dulce é a minha nova editora na Planeta, que vai reeditar o Todos os Dias São Meus. Recebeu-me com elogios que me entonteceram. E eu fiquei para morrer quando li, uns dias depois, numa lista do Expresso, que este seu livro tinha sido considerado um dos melhores de 2017. A minha vida tem andado tão ensarilhada que ignorava totalmente que ela fosse escritora.
Comecei o livro esta tarde e estou a adorar. Mesmo.
Profile Image

Terminei

"A Obra ao Negro", um livro bem mais simples do que pensava e bem mais interessante do que poderia imaginar.

Além disso, li uma zine chamada "Montanha", uma edição caseira muito divertida com cheiro a serra, e "A Vegetariana", de Han Kang (chegou entretanto e foi logo lido, hihihi)

Agora vou começar "O Sonho dos Heróis", de Adolfo Bioy Casares, um livro que recebi no Natal. :)
Profile Image
Senti necessidade de intercalar outro tipo de leitura com as Vozes de Chernobyl...

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.