corner corner Fica-se com vontade de disparar a matar

Forum | << Portuguese - Português | Refresh | Search

corner corner

Sort Options Toggle Stats Options


Profile Image

Fica-se com vontade de disparar a matar

Fica-se com vontade de disparar a matar
mas fuma-se mais um cigarro,
provavelmente porque também mata,
e diz-se que é a vida,
talvez seja assim despreocupada a vida dos assassinos,
morreram árvores, animais, insectos, pessoas, casas, carros, candeeiros,
mesas, cadeiras, eletrodomésticos, sapatos, meias, brinquedos,
o barulho do vento e do riso, não mais voltarão a ser iguais,
morreu o barulho, morreu demasiado chão,
fala-se do tempo, não por não ter assunto,
olha-se para o céu e pede-se chuva para sepultar os corpos,
os que têm a quem rezar, rezam,
os que não têm Deus não sabem que mais fazer,
e de olhos secos, no cinzeiro cheio de beatas,
verificam, de pulmões carbonizados,
um irrespirável sentimento de culpa,
como se não tivessem absoluta certeza,
não têm certezas, têm uma navalha e um fio,
que apagaram, devidamente, o cigarro acabado de fumar.

Raquel Serejo Martins

Complete Thread

Profile Image
Fica-se com vontade de disparar a matar
mas fuma-se mais um cigarro,
provavelmente porque também mata,
e diz-se que é a vida,
talvez seja assim despreocupada a vida dos assassinos,
morreram árvores, animais, insectos, pessoas, casas, carros, candeeiros,
mesas, cadeiras, eletrodomésticos, sapatos, meias, brinquedos,
o barulho do vento e do riso, não mais voltarão a ser iguais,
morreu o barulho, morreu demasiado chão,
fala-se do tempo, não por não ter assunto,
olha-se para o céu e pede-se chuva para sepultar os corpos,
os que têm a quem rezar, rezam,
os que não têm Deus não sabem que mais fazer,
e de olhos secos, no cinzeiro cheio de beatas,
verificam, de pulmões carbonizados,
um irrespirável sentimento de culpa,
como se não tivessem absoluta certeza,
não têm certezas, têm uma navalha e um fio,
que apagaram, devidamente, o cigarro acabado de fumar.

Raquel Serejo Martins
Profile Image
Ontem à noite choveu cinza e toda eu fiquei a cheirar a fumo.
E estive longe das chamas!
Hoje no regresso o fumo por todo o lado acompanhou-me quase todo o caminho.

"fica-se com vontade de disparar a matar", sim.
Profile Image
Aqui, bem longe das chamas também, choveu cinza todo o dia. O dia amanheceu e anoiteceu pardo, a cheirar a fumo.

"morreu demasiado chão"
Profile Image
Vai apresentar o seu livro na Biblioteca Municipal de Viana, na próxima sexta. Não sei quem é :-/
Por aqui, na ilha, já choveu ontem e estamos bem longe desse inferno, felizmente. Mas não deixamos de ter vontade de disparar a matar, mesmo achando que somos muito pacifistas. Não há direito.
Profile Image
Vai a presentar o seu livro na Biblioteca Municipal de Viana, na próxima sexta. Não sei quem é :-/.


Só lhe conheço os poemas e os belos textos que escrevia para uma revista de saudosa memória chamada Papel ;) Sei também que é de trajosmontes de baixo, e que me parece ser boa pessoa. Ah, e gosta de andorinhas :)

Tenho ideia de quem já a leu em livros "a sério" foi a mariadasleituras e a marcenda (que jeito dava agora tagá-las para virem cá dizer da ua justiça.)

https://escritores.online/---/raquel-serejo-martins/
Profile Image
Vai a presentar o seu livro na Biblioteca Municipal de Viana, na próxima sexta. Não sei quem é :-/.


Só lhe conheço os poemas e os belos textos que escrevia para uma revista de saudosa memória chamada Papel ;) Sei também que é de trajosmontes de baixo, e que me parece ser boa pessoa. Ah, e gosta de andorinhas :)

Tenho ideia de quem já a leu em livros "a sério" foi a mariadasleituras e a marcenda (que jeito dava agora tagá-las para virem cá dizer da ua justiça.)

https://escritores.online/---/raquel-serejo-martins/

Pois, ela também fazia parte daquela Nau em que marujava a Marcenda:
http://colectivonau.blogspot.pt/---/marujos.html
Profile Image
Pois, ela também fazia parte daquela Nau em que marujava a Marcenda:
http://colectivonau.blogspot.pt/---/marujos.html


Essa, vê-se bem que tem uma boa cunha. Pois se é Marcenda porque é que aparece logo em primeiro lugar? E logo com o texto mais grande. Aqui há gato(s).
Profile Image
Fica-se com vontade de disparar a matar, sim. E depois, emigrar para bem longe daqui.
Profile Image
e eu tão arredada.
Peço desculpa, à seita e à Raquel. Ainda bem que os meus pais me deram asilo, mas viver com eles está a enlouquecer-me. Há quase 20 anos que só via na televisão aquilo que escolhia, que gravava, e uma das coisas que era absolutamente anátema para mim eram os noticiários. Se há 20 anos já eram insuportáveis, agora são indescritíveis. E não se vê - sobretudo não se ouve - mais nada lá em casa. A tragédia dos incêndios transformou-se numa interminável telenovela pornográfica, em que os noticiários se rebolam com luxúria. Não se trata de querer fugir à realidade, porque eu sempre me mantive bem informada sem televisão. É que a 'informação' televisiva é algo profundamente encenado, as perguntas que fazem às pessoas são perversas, querem à força arrancar mais sofrimento onde o sofrimento já é inimaginável.
Dito isto, a Raquel. Adorei a pessoa andes de conhecer a autora, mas o seu segundo romance, Pretérito Perfeito, o único que li até agora, é uma obra de arte. Tem lá a terra quente de Trás-os-Montes todinha, e ao mesmo tempo uma Lisboa que eu conheço como as palmas das mãos. Ela escreve maravilhosamente, e não tenho palavras que cheguem para recomendá-la. Dos autores da Nau, foi de longe a que mais me tocou.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.