corner corner Uma livraria como se fosse uma casa

Forum | << Portuguese - Português | Refresh | Search

corner corner

Sort Options Toggle Stats Options


Profile Image

Uma livraria como se fosse uma casa

Esta Flâneur, no Porto, anda a piscar-me o olho há tanto tempo... e este artigo atiça ainda mais curiosidade.
Muito interessante também é saber as coisas que nos escapam, enquanto leitores, quando entramos nas grandes livrarias

https://ionline.sapo.pt/---/fl-neur-uma-casa-onde-os-livros-sao-as-chamas-em-que-arde-este-tempo?...

Complete Thread

Profile Image
Esta Flâneur, no Porto, anda a piscar-me o olho há tanto tempo... e este artigo atiça ainda mais curiosidade.
Muito interessante também é saber as coisas que nos escapam, enquanto leitores, quando entramos nas grandes livrarias

https://ionline.sapo.pt/---/fl-neur-uma-casa-onde-os-livros-sao-as-chamas-em-que-arde-este-tempo?...
Profile Image
Já tinha ouvido falar desta livraria, mas não conhecia os pormenores - o desapontamento com o trabalho na Bertrand, a campainha na porta, as entregas de bicicleta... também fiquei com vontade de a visitar.
Profile Image
é aterrador saber que é mesmo esse o conceito de uma Bertrand e afins.
Eu raramente pergunto alguma coisa e menos ainda peço conselhos, o mais que faço é perguntar se têm um determinado livro porque não o encontro sozinha (para muitas vezes descobrir que não têm; claro, só têm as novidades). Conselhos peço-os por aqui, desde que cá aterrei! :)
Excepções, que me lembre, foram na Palavra de Viajante e há mais tempo na Pó dos Livros.
De qualquer forma, dá para perceber melhor determinadas reacções de funcionários destas mega-livrarias. Se calhar muitas das vezes em que não respondem ou respondem ao lado é mesmo por a tal estarem obrigados e não por não saberem. Que triste! Qual a vantagem em terem a trabalhar pessoas que lêem e gostam de ler se depois não as deixam falar daquilo que gostam?
Profile Image
Qual a vantagem em terem a trabalhar pessoas que lêem e gostam de ler se depois não as deixam falar daquilo que gostam?


Porque não contratam as pessoas para as deixa falar daquilo que gostam mas para vender livros. Nem sei se ler ou gostar de ler faz parte dos requisitos para emprego nas grandes superfícies livreiras. Se calhar nós é que temos a ideia romântica de que estar rodeado de livros será sempre maravilhoso.
Mas ainda bem que estas desilusões se traduzem em espaços com mais alma - por isso, vida longa à Flâneur e outros projetos acarinhados por livreiros a sério.

Are you sure you want to delete this item? It cannot be undone.